Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,63 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,59 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,60
    -0,37 (-0,51%)
     
  • OURO

    1.752,80
    +1,40 (+0,08%)
     
  • BTC-USD

    47.166,82
    -568,07 (-1,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.180,21
    -45,32 (-3,70%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,42 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.640,43
    -280,33 (-1,12%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,75 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.301,25
    -24,75 (-0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1919
    -0,0075 (-0,12%)
     

Waller, do Fed, volta a falar em rápida e antecipada redução de compras de títulos

·1 minuto de leitura
Sede do Federal Reserve, em Washington

(Reuters) - O banco central dos Estados Unidos estaria em posição de começar a reduzir seus 120 bilhões de dólares em compras mensais de ativos se um relatório a ser divulgado na próxima sexta-feira mostrar a abertura líquida de pelo menos 850 mil empregos em agosto, disse o diretor do Federal Reserve Christopher Waller nesta sexta.

"Se alcançarmos isso (esse número), diria que estamos prontos para o início (da redução de estímulo) neste outono (nos EUA)", disse Waller em entrevista ao Yahoo Finance, acrescentando não esperar que o aumento de casos pela variante Delta do coronavírus diminua o progresso de forma concreta. "A economia não segue necessariamente o vírus tão de perto."

(Por Ann Saphir)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos