Mercado abrirá em 4 h 39 min
  • BOVESPA

    122.937,87
    +1.057,05 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.371,98
    +152,72 (+0,31%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,62
    +0,35 (+0,53%)
     
  • OURO

    1.869,10
    +1,50 (+0,08%)
     
  • BTC-USD

    45.376,74
    +655,04 (+1,46%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.261,60
    +63,69 (+5,32%)
     
  • S&P500

    4.163,29
    -10,56 (-0,25%)
     
  • DOW JONES

    34.327,79
    -54,34 (-0,16%)
     
  • FTSE

    7.068,51
    +35,66 (+0,51%)
     
  • HANG SENG

    28.572,97
    +378,88 (+1,34%)
     
  • NIKKEI

    28.406,84
    +582,01 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    13.398,75
    +95,25 (+0,72%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4277
    +0,0178 (+0,28%)
     

Waller, do Fed, diz que economia dos EUA está "pronta para decolar"

Ann Saphir e Jonnelle Marte e Howard Schneider
·1 minuto de leitura
Prédio do Federal Reserve em Washington. 01/05/2020. REUTERS/Kevin Lamarque.

Por Ann Saphir e Jonnelle Marte e Howard Schneider

(Reuters) - A economia dos Estados Unidos deve decolar neste ano, à medida que mais norte-americanos recebem vacinas contra a Covid-19 e se sentem confortáveis para retomar uma ampla gama de atividades, mas qualquer decorrente aumento na inflação provavelmente será temporário, disse o mais novo membro do conselho do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) nesta sexta-feira, ecoando a visão da maioria de seus colegas do Fed.

Um índice das expectativas de inflação divulgado nesta sexta-feira --indicador que cresceu em importância entre os formuladores de política monetária do Fed-- endossou a avaliação de Christopher Waller. O dado mostrou aumento nas expectativas de inflação no primeiro trimestre, mas não ofereceu nenhuma indicação de que elas escaparam da meta do Fed.

"Acho que a economia está pronta para decolar", disse Waller durante entrevista à CNBC. "Todo mundo está ficando muito mais confortável em ter o vírus sob controle e estamos começando a ver isso com a atividade econômica."

A economia dos EUA pode crescer 6,5% neste ano, e a taxa de desemprego pode recuar para cerca de 5% ao fim do ano, disse Waller, que se tornou no ano passado o sexto membro da diretoria do Fed, na qual um assento permanece vago.

A inflação pode acelerar para cerca de 2,5% neste ano, disse Waller, mas "qualquer aumento temporário na inflação que vemos agora não vai durar".

Os aumentos de preços devem se estabilizar à medida que gargalos causados ​​pela pandemia forem resolvidos e qualquer aumento na demanda dos consumidores que gastam seus cheques de estímulo diminuir, afirmou Waller.