Mercado fechado

Wall Street tem recuperação após cair com discurso de Powell

Wall Street

Por Sruthi Shankar e Ankika Biswas

(Reuters) - Os principais índices de ações dos Estados Unidos se recuperavam nesta quinta-feira de perdas após comentários duros em relação à inflação do chair do Federal Reserve, Jerome Powell, que consolidaram apostas num outro grande aumento de juros pelo banco central mais tarde neste mês.

O Fed está "fortemente comprometido" em controlar a inflação, mas ainda há esperança de que isso possa ser feito sem os "custos sociais muito altos" envolvidos em lutas anteriores contra a alta dos preços, disse Powell em comentários a conferência do Cato Institute.

"Claramente ele manteve seu tom 'hawkish' (inclinado a restrição da política monetária), e os mercados ainda parecem surpresos", disse Randy Frederick, diretor administrativo de operações e derivativos da Charles Schwab.

Os principais índices de Wall Street tiveram sua alta mais acentuada em cerca de um mês na quarta-feira, com os rendimentos dos títulos recuando após um rali recente impulsionado por expectativas de juros mais altos. Ainda assim, o índice S&P 500 permanece quase 8% abaixo de seu pico de agosto e cai cerca de 17% no acumulado do ano.

Comentários "hawkish" de autoridades do Fed e dados recentes sinalizando força na economia dos EUA levaram os mercados monetários a apostar que o banco central norte-americano aumentará sua taxa básica em 75 pontos-base em reunião deste mês. Os futuros dos juros básicos do Fed embutiam chance de quase 90% de adoção de tal movimento.

Dados mostraram que o número de norte-americanos que entraram com novos pedidos de auxílio-desemprego caiu na semana passada para o menor nível em três meses, ressaltando a robustez do mercado de trabalho, mesmo com o Fed aumentando os juros.

Preocupações com uma recessão, que seria provocada por aumentos agressivos de juros de bancos centrais, e sinais de desaceleração econômica na China e na Europa reduziram globalmente o apetite por ativos de risco este ano.

O Banco Central Europeu elevou suas principais taxas de juros em sem precedentes 75 pontos-base nesta quinta-feira, e sinalizou mais aumentos à frente. Isso veio na esteira de grandes aumentos nos custos de empréstimo pelo Banco do Canadá e pelo banco central da Austrália mais cedo nesta semana.

Às 11:52 (de Brasília), o índice S&P 500 ganhava 0,26%, a 3.990,09 pontos, enquanto o Dow Jones subia 0,30%, a 31.674,83 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançava 0,19%, a 11.814,07 pontos.