Mercado abrirá em 1 h 2 min
  • BOVESPA

    120.061,99
    -871,79 (-0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.867,62
    +338,65 (+0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    60,97
    -0,38 (-0,62%)
     
  • OURO

    1.788,40
    -4,70 (-0,26%)
     
  • BTC-USD

    54.844,80
    -137,12 (-0,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.272,64
    +9,68 (+0,77%)
     
  • S&P500

    4.173,42
    +38,48 (+0,93%)
     
  • DOW JONES

    34.137,31
    +316,01 (+0,93%)
     
  • FTSE

    6.898,84
    +3,55 (+0,05%)
     
  • HANG SENG

    28.755,34
    +133,42 (+0,47%)
     
  • NIKKEI

    29.188,17
    +679,62 (+2,38%)
     
  • NASDAQ

    13.898,50
    -20,75 (-0,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7046
    +0,0026 (+0,04%)
     

Wall St recua com nervosismo antes de reunião do Fed

Shashank Nayar e Medha Singh
·1 minuto de leitura
Placa em frente à Bolsa de Valores de Nova York sinaliza Wall Street

Por Shashank Nayar e Medha Singh

(Reuters) - Os principais índices de Wall Street caíam nesta segunda-feira, à medida que os investidores aguardavam por pistas do Federal Reserve esta semana em meio à cautela com o aumento dos custos de empréstimos devido a um grande estímulo fiscal.

Delta Air Lines, Southwest Airlines e JetBlue Airways disseram que as reservas com foco em lazer estão aumentando e deram alguns dos primeiros sinais concretos de que o pior pode ter passado para a indústria aérea.

O índice S&P 1500 de companhias aéreas saltava cerca de 5%, para o maior patamar em um ano, enquanto outras ações relacionadas a viagens, como Carnival, Wynn Resorts e MGM Resorts avançavam entre 3% e 5%.

Os principais índices de ações dos Estados Unidos foram abalados nas últimas semanas pelo aumento nos rendimentos dos Treasuries de longo prazo, devido a temores de um aumento da inflação, que poderia gerar como resposta o aperto da política monetária do Federal Reserve.

Na quarta-feira, ao fim de uma reunião de dois dias, os membros do Fomc devem divulgar previsões de que a economia dos EUA crescerá em 2021 à taxa mais rápida em décadas, reiterando sua postura "dovish" (menos dura com a inflação) para o futuro previsível.

A taxa do Treasury de dez anos estava em queda a cerca de 1,60%, mas ainda perto da máxima em 13 meses alcançada na sexta-feira.

Às 13:41 (horário de Brasília), o índice Dow Jones, enquanto o S&P 500 perdia 0,113609%, a 3.939 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 0,17%, a 13.342 pontos.