Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +413,26 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,39 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +10,50 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    55.150,14
    -7.069,09 (-11,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,68 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,57 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    +10,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6943
    -0,0268 (-0,40%)
     

S&P 500 e Dow têm leve alta antes de ata do Fed

Shivani Kumaresan e Medha Singh
·1 minuto de leitura
Bolsa de Nova York

Por Shivani Kumaresan e Medha Singh

(Reuters) - S&P 500 e o Dow tinham leve alta nesta quarta-feira, com as ações do setor financeiro liderando os ganhos antes da divulgação da ata da última reunião do Federal Reserve, que pode oferecer pistas sobre as visões do banco central dos Estados Unidos sobre inflação e recuperação econômica.

Amazon.com Inc, Microsoft Corp e Facebook Inc estão entre os principais impulsos para o referencial S&P 500.

Forte estímulo fiscal e vacinação rápida levaram várias autoridades do Fed a projetar na reunião do mês passado altas dos juros já no próximo ano, abrindo uma lacuna com aqueles que não veem altas dos juros até 2024 no mínimo.

"A única coisa que poderia movimentar os mercados seria uma surpresa na ata em relação à discussão sobre elevar os juros", disse Paul Nolte, gerente de carteira do Kingsview Asset Management. "Nesse momento, ninguém está esperando isso."

Um forte relatório de criação de vagas de trabalho, que ajudou o S&P 500 a atingir sua quarta máxima recorde consecutiva na terça-feira, é apenas um pequeno passo na direção do limiar do banco central para considerar reduzir seu suporte à economia.

Às 11:39 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,11%, a 33.468 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 0,157342%, a 4.080 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 0,18%, a 13.723 pontos.