Mercado fechado

Bolsas em NY mudam de rumo e passam a operar em baixa

André Mizutani e Rafael Vazquez

Investidores avaliam notícia de que a Apple vai fechar lojas na Flórida e Arizona devido ao ressurgimento de infecções por coronavírus Os índices acionários de Nova York passaram a operar em queda moderada nesta tarde após a Apple anunciar o fechamento de lojas nos Estados da Flórida e Arizona, nos EUA. Os dois Estados tem enfrentado um ressurgimento no número de infecções por coronavírus.

Às 13h45, o Dow Jones cedia 0,54%, a 25.938,23 pontos, o S&P 500 recuava 0,45%, a 3.101,54 pontos, e o Nasdaq cedia 0,13%, aos 9.930,16 pontos, pressionado pela queda de 0,39% nas ações da Apple.

Segundo a rede CNBC, 11 lojas da Apple serão fechadas na Flórida, Carolina do Norte, Carolina do Sul e Arizona a partir de sábado. Clientes que têm produtos para conserto nessas lojas devem retirá-los neste fim de semana, avisou a empresa.

A notícia da Apple é mais uma no conjunto de informações negativas que fazem o contrapeso ao otimismo de parte dos investidores com a recuperação econômica. Até o momento, no acumulado da semana, os três principais índices de Wall Street ainda anotam ganhos entre 1% e 3,5%

Esta sexta-feira também marca o chamado “quadruple witching”, a expiração simultânea de opções de ações únicas, futuros de ações únicas, opções de índices de ações e futuros de ações, o que pode desencadear turbulências. O evento acontece uma vez a cada trimestre e tem histórico de gerar oscilações.

Richard Drew/AP