Mercado abrirá em 1 h 37 min

Wall Street salta com perspectiva de Congresso dividido nos EUA

Por Medha Singh e Shivani Kumaresan
·2 minuto de leitura
.
.

Por Medha Singh e Shivani Kumaresan

(Reuters) - Os principais índices de Wall Street tinham forte alta nesta quinta-feira, com investidores apostando em um Senado controlado pelos republicanos que bloquearia qualquer tentativa de um eventual governo Joe Biden de restringir as regulamentações e aumentar os impostos das empresas, mesmo com a eleição ainda indefinida.

O Nasdaq chegou a subir 2,7% e estava próximo de seu recorde de fechamento alcançado em 2 de setembro.

O índice de semicondutores Filadélfia SE disparou 4,1% para patamar recorde, enquanto papéis de tecnologia e de serviços de comunicação lideravam os ganhadores entre os índices S&P.

O índice de materiais também atingiu um recorde, impulsionado pelo aumento de 7,6% nas ações da produtora de gás industrial Linde, que elevou suas expectativas de lucro para o ano.

Com o presidente Donald Trump e seu rival democrata Biden ainda aguardando definição de Estados-chaves que devem definir a eleição, os investidores se voltavam ao cenário central da década passada: comprar ações com a enxurrada de estímulos monetários extras que percorrem o sistema financeiro.

Biden chegou mais perto da vitória na disputa pela Casa Branca na quinta-feira após vencer em Michigan e Wisconsin, mas parecia improvável que os democratas ganhassem o Senado, tornando potencialmente difícil para um governo democrata aumentar o controle sobre as grandes empresas de tecnologia e outros negócios.

"Os mercados preferem um governo dividido", disse Brian Levitt, estrategista de mercado global da Invesco.

"Preocupações incessantes sobre as principais questões e temores com as perspectivas de alta de impostos, com um New Deal Verde e mudanças na legislação do Obamacare parecem ter sido em vão."

Ações das gigantes de tecnologia Apple, Amazon.com e Alphabet Corp, grandes beneficiadas com as políticas de isolamento este ano, seguiam em alta após fortes ganhos nas quarta-feira.

O índice de volatilidade VIX, que subiu nos últimos meses com os investidores temendo que a votação pudesse provocar quedas nas ações, recuou para seu nível mais baixo em três semanas.

Às 13:29 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 2%, a 28.404 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 2,064505%, a 3.515 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 2,34%, a 11.862 pontos.