Mercado abrirá em 3 h 14 min
  • BOVESPA

    129.441,03
    -634,97 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,16 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,45
    +0,54 (+0,76%)
     
  • OURO

    1.861,30
    -18,30 (-0,97%)
     
  • BTC-USD

    39.634,36
    +4.055,48 (+11,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    950,48
    +8,67 (+0,92%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,40 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.163,85
    +29,79 (+0,42%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.026,00
    +31,75 (+0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1908
    -0,0018 (-0,03%)
     

‘Wall Street’ de Palm Beach acelera corrida por escritórios

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Primeiro veio a migração de profissionais do setor de finanças de Nova York para West Palm Beach. Agora, a corrida de investidores por escritórios para acomodá-los.

Empresas como Goldman Sachs e Point72 Asset Management, de Steve Cohen, estão abrindo unidades na cidade do estado da Flórida, uma área antes conhecida por pessoas que fogem do inverno rigoroso e aposentados que, de repente, se tornou um mercado aquecido para imóveis comerciais. Na vanguarda está a incorporadora Related Cos, de Manhattan, que tem acelerado os investimentos em West Palm Beach e agora controla cerca de um terço do estoque de escritórios no centro da cidade.

É possível apostar que, mesmo com o fim das restrições da Covid-19 e banqueiros de Nova York sendo chamados de volta às torres de escritórios, o boom da pandemia do sul da Flórida veio para ficar. A região, com regras da pandemia relativamente flexíveis, sem imposto de renda estadual e imóveis comparativamente mais baratos, recebeu milhares de pessoas que migraram para enclaves como West Palm Beach, uma cidade que, por enquanto, tem apenas um pouco mais de espaço de escritórios centrais do que o Empire State.

“A pandemia realmente mostrou aos executivos que eles podem fazer negócios em qualquer lugar”, disse Kelly Smallridge, presidente do Conselho de Desenvolvimento de Negócios do Condado de Palm Beach. “As incorporadoras se preparam para desenvolver mais espaço e acomodar todo esse crescimento. O mercado está aquecido.”

A Related, responsável por empreendimentos de destaque em Manhattan, como o Hudson Yards e a torre Columbus Circle, agora conhecida como Deutsche Bank Center, comprou três edifícios em West Palm Beach este ano. Recentemente, concluiu o desenvolvimento da 360 Rosemary Square, uma torre de escritórios que vai abrigar a Point72 e faz parte de um projeto mais amplo que inclui lojas e residências. A empresa planeja iniciar a construção em breve de outro complexo, chamado One Flagler.

Com esses projetos, a empresa terá 149 mil metros quadrados de escritórios na área e a maioria dos edifícios de alto padrão. Os dois novos empreendimentos trarão ao mercado quase 20% a mais de espaço de escritórios.

A Cohen Brothers Realty, de Nova York, propôs uma torre de escritórios com cerca de 37 mil pés quadrados, de acordo com a corretora CBRE Group. O incorporador Jeff Greene também tem um projeto em construção, a One West Palm, com conclusão prevista para 2022. O empreendimento incluirá as torres mais altas da área: dois prédios de 30 andares com uma combinação de hotéis, residências de luxo e escritórios.

Greene também abriu uma escola particular em West Palm há vários anos e comprou mais propriedades ao redor do terreno para expansão. “As escolas estão enchendo”, disse.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.