Mercado fechará em 5 h 30 min
  • BOVESPA

    97.870,50
    -671,45 (-0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.764,98
    +240,53 (+0,51%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,07
    +1,31 (+1,24%)
     
  • OURO

    1.803,70
    -3,60 (-0,20%)
     
  • BTC-USD

    19.375,38
    +429,84 (+2,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    416,47
    -3,67 (-0,87%)
     
  • S&P500

    3.762,19
    -23,19 (-0,61%)
     
  • DOW JONES

    30.553,57
    -221,86 (-0,72%)
     
  • FTSE

    7.164,98
    -4,30 (-0,06%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,42 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.494,50
    -35,00 (-0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5302
    +0,0246 (+0,45%)
     

Wall Street fecha sem direção comum; Tesla cai

Operador trabalha no salão da Bolsa de Valores de Nova York

Por Amruta Khandekar e Noel Randewich

(Reuters) - Wall Street encerrou com resultados mistos nesta sexta-feira, após uma sessão volátil em que a Tesla despencou e outras ações de crescimento também perderem terreno.

O índice S&P 500 fechou em alta de 0,01%, a 3.901,36 pontos. O Dow Jones subiu 0,03%, a 31.261,90 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite recuou 0,3%, a 11.354,62 pontos.

Os índices S&P 500 e Nasdaq registraram a sétima semana consecutiva de baixas, suas maiores sequência de perdas desde o fim da bolha "pontocom" em 2001.

Já o índice Dow Jones sofreu seu oitavo declínio semanal consecutivo, o mais longo desde 1932, durante a Grande Depressão.

O S&P 500 passou a maior parte do pregão em território negativo e, a certa altura, recuou pouco mais de 20% em relação ao recorde de fechamento que bateu em 3 de janeiro, antes de terminar em queda de 18% em relação a esse nível e estável para o dia.

Fechar 20% abaixo desse patamar recorde confirmaria que o S&P 500 está em mercado em baixa desde que atingiu o pico em janeiro, de acordo com uma definição amplamente aceita.

O Nasdaq, focado em tecnologia, cedia cerca de 27% em relação ao seu recorde de encerramento alcançado em novembro de 2021.

A Tesla desvalorizou 6,4%, e pesou fortemente no S&P 500, depois que o presidente-executivo Elon Musk caracterizou como "totalmente falsas" as alegações de uma reportagem de que ele assediou sexualmente uma comissária de bordo em um jato particular em 2016.

Na semana, o S&P 500 caiu 3,0%, o Dow Jones perdeu 2,9% e o Nasdaq recuou 3,8%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos