Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.672,76
    -3.755,42 (-3,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.402,73
    -283,30 (-0,54%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,01
    +0,57 (+0,69%)
     
  • OURO

    1.769,40
    +3,70 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    63.917,61
    +2.222,51 (+3,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.481,22
    +17,87 (+1,22%)
     
  • S&P500

    4.519,63
    +33,17 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    35.457,31
    +198,70 (+0,56%)
     
  • FTSE

    7.217,53
    +13,70 (+0,19%)
     
  • HANG SENG

    25.787,21
    +377,46 (+1,49%)
     
  • NIKKEI

    29.215,52
    +190,06 (+0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.410,75
    +120,25 (+0,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4965
    +0,1050 (+1,64%)
     

Wall Street fecha em baixa com nervosismo antes de temporada de balanços

·2 minuto de leitura

Por Caroline Valetkevitch e Stephen Culp

NOVA YORK (Reuters) - As ações dos EUA terminaram em queda nesta terça-feira em meio ao aumento do nervosismo dos investidores quanto aos resultados do terceiro trimestre das empresas, mas com um salto nas ações da Tesla ajudando a apoiar o mercado. Ajudando a alimentar a cautela, o Federal Reserve deve divulgar na quarta-feira a ata de sua última reunião de política monetária. Os participantes do mercado vasculharão o documento em busca de dicas sobre quando o banco central dos Estados Unidos poderá começar a reduzir seu programa maciço de compra de títulos. Todos os três principais índices de ações dos EUA terminaram no vermelho, com o Dow em queda mais acentuada, sob o peso dos setores de saúde e industriais. A temporada de balanços começa não oficialmente esta semana com os resultados do JPMorgan Chase & Co na quarta-feira e de outros bancos que virão a seguir. As ações do JPMorgan caíram 0,8% no dia, enquanto o índice de bancos S&P 500 caiu 0,6%. Analistas esperam ver um forte crescimento do lucro das companhias nos EUA no terceiro trimestre. Mas várias empresas alertaram sobre problemas e os investidores estão preocupados sobre como os problemas da cadeia de suprimentos e os preços mais altos afetarão os negócios que estão emergindo da pandemia de coronavírus. O Dow Jones Industrial Average caiu 0,34%, para 34.378,34, o S&P 500 perdeu 0,24%, para 4.350,65 e o Nasdaq Composite recuou 0,14%, para 14.465,93. Seis dos 11 principais setores do S&P 500 terminaram a sessão no vermelho, com os serviços de comunicações sofrendo a perda percentual mais acentuada. A Tesla avançou 1,7% depois que dados mostraram que a fabricante de veículos elétricos vendeu 56.006 veículos fabricados na China em setembro, o maior valor desde o início da produção em Xangai, há cerca de dois anos. As ações da empresa deram o maior impulso ao S&P 500 e ao Nasdaq. As ações da American Airlines Group subiram 0,8% depois que a empresa estimou um prejuízo ajustado menor do que o esperado para o terceiro trimestre e sinalizou uma melhora nas reservas para o resto do ano. Os investidores também avaliaram os comentários do vice-presidente do Fed, Richard Clarida, que disse que o banco central praticamente cumpriu sua meta de emprego para reduzir seu programa de compra de títulos. Os dados dos EUA mostraram que o mercado de trabalho permaneceu apertado, com um número recorde de norte-americanos deixando seus empregos e vagas de emprego totalizando mais de 10 milhões, alimentando temores de inflação à medida que os empregadores aumentam os salários para atrair e reter trabalhadores. O relatório do índice de preços ao consumidor de quarta-feira vai atrair a atenção dos investidores que buscam pistas sobre a inflação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos