Mercado fechará em 4 h 40 min
  • BOVESPA

    111.119,32
    -804,61 (-0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,23 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,99
    +2,01 (+2,51%)
     
  • OURO

    1.804,90
    -4,70 (-0,26%)
     
  • BTC-USD

    17.237,46
    +280,95 (+1,66%)
     
  • CMC Crypto 200

    408,43
    +7,00 (+1,74%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,88 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.586,26
    +30,03 (+0,40%)
     
  • HANG SENG

    19.518,29
    +842,94 (+4,51%)
     
  • NIKKEI

    27.820,40
    +42,50 (+0,15%)
     
  • NASDAQ

    11.936,50
    -73,75 (-0,61%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5244
    +0,0304 (+0,55%)
     

Wall Street fecha em baixa com temores sobre aperto do Fed

Operador trabalha na Bolsa de Nova York

Por Chuck Mikolajczak

NOVA YORK (Reuters) - As ações norte-americanas fecharam em queda pela quarta sessão consecutiva nesta quinta-feira, quando novos dados econômicos pouco contribuíram para alterar expectativas de que o Federal Reserve continuará aumentando as taxas de juros por mais tempo do que se pensava anteriormente.

Após comunicado de política monetária do Fed na quarta-feira, comentários do presidente do Fed, Jerome Powell, de que é "muito prematuro" pensar em pausar seus aumentos de juros, derrubaram as ações à medida que os rendimentos dos títulos dos EUA e o dólar dos EUA subiram, um padrão que se estendeu até esta quinta.

Dados divulgados nesta manhã indicaram um mercado de trabalho ainda forte nos EUA, embora um relatório separado tenha mostrado que o crescimento no setor de serviços desacelerou em outubro.

De acordo com dados preliminares, o S&P 500 perdeu 1,06%, a 3.719,89 pontos, enquanto o Nasdaq Composite perdeu 1,73%, a 10.342,94 pontos. O Dow Jones Industrial Average caiu 0,46%, a 32.001,25 pontos.

Enquanto os traders estão divididos entre as chances de um aumento da taxa de 50 pontos base e 75 pontos base em dezembro, a expectativa é que a taxa vá a um pico de pelo menos 5%, em comparação com uma visão anterior de um aumento para o intervalo de 4,50%-4,75%.

Os investidores observarão atentamente o relatório de folha de pagamento não agrícola (payroll), que será divulgado na sexta-feira, em busca de sinais de que os aumentos de juros do Fed estão começando a ter um impacto relevante na desaceleração da economia.

O aumento nos rendimentos pesou sobre empresas de crescimento de mega capitalização, como Apple Inc, com queda de 4,24%, e Alphabet Inc, que perdeu 4,07% e derrubou os setores de tecnologia e de serviços de comunicação, que tiveram o pior desempenho na sessão.

As perdas foram contidas no Dow graças a ganhos em indústrias, incluindo Boeing Co, que subiu 6,34%, e uma alta de 2,20% na fabricante de equipamentos pesados ​​Caterpillar Inc.

Qualcomm Inc e Roku Inc caíram 7,66% e 4,57%, respectivamente, depois que suas previsões para o trimestre de férias caíram abaixo das expectativas.

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447723))

REUTERS LB IV