Mercado fechará em 5 h 39 min
  • BOVESPA

    109.929,06
    -22,43 (-0,02%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.125,01
    -210,50 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,87
    -0,60 (-0,76%)
     
  • OURO

    1.893,40
    +2,70 (+0,14%)
     
  • BTC-USD

    22.732,89
    -387,66 (-1,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    523,85
    -13,05 (-2,43%)
     
  • S&P500

    4.117,86
    -46,14 (-1,11%)
     
  • DOW JONES

    33.949,01
    -207,68 (-0,61%)
     
  • FTSE

    7.944,32
    +59,15 (+0,75%)
     
  • HANG SENG

    21.624,36
    +340,84 (+1,60%)
     
  • NIKKEI

    27.584,35
    -22,11 (-0,08%)
     
  • NASDAQ

    12.674,00
    +128,75 (+1,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,6087
    +0,0413 (+0,74%)
     

Wall Street faturou US$ 4 bilhões com apostas ligadas à inflação

(Bloomberg) -- A inflação alta dos EUA criou oportunidades lucrativas para os maiores bancos de Wall Street, um forte contraste em relação à luta de milhões de lares com contas de supermercado e energia mais altas.

Goldman Sachs e JPMorgan estão entre as instituições financeiras que faturaram quase US$ 4 bilhões no ano passado com operações ligadas à inflação, um segmento antes obscuro que envolve títulos e derivativos vinculados aos preços ao consumidor, segundo dados da Vali Analytics em Londres.

O valor quase dobrou em relação a 2021, e se compara a cerca de US$ 700 milhões antes da pandemia.

O Goldman faturou pelo menos US$ 800 milhões em operações ligadas à inflação no ano passado, mais do que qualquer um de seus rivais, segundo pessoas familiarizadas com o assunto. Foi um salto em relação aos US$ 450 milhões de 2021, de acordo com as pessoas, que pediram para não serem identificadas.

O aumento nesse tipo de aposta ajudou os bancos de Wall Street a compensarem uma queda brusca nas comissões de fusões e aquisições e de colocações no mercado de capitais.

Os cinco maiores bancos de investimento dos EUA — Goldman, JPMorgan, Citigroup, Bank of America e Morgan Stanley — aumentaram a receita com corretagem de renda fixa em 28%, para US$ 13,3 bilhões no quarto trimestre de 2022, enquanto a receita de comissões despencou 53%, para US$ 6,3 bilhões.

Representantes do Goldman, JPMorgan, Citigroup, Bank of America e Morgan Stanley não quiseram comentar sobre os ganhos com apostas em inflação.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2023 Bloomberg L.P.