Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.953,90
    +411,95 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.743,15
    +218,70 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,46
    +2,70 (+2,55%)
     
  • OURO

    1.812,90
    +5,60 (+0,31%)
     
  • BTC-USD

    19.048,61
    -248,61 (-1,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    420,84
    +0,70 (+0,17%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,83 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.168,65
    -0,63 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,42 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.610,50
    +81,00 (+0,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5587
    +0,0531 (+0,96%)
     

Wall Street despenca à medida que crescem temores de recessão

Por Chuck Mikolajczak

NOVA YORK (Reuters) - Os índices de ações dos Estados Unidos fecharam em forte baixa nesta quinta-feira, em uma ampla liquidação, com o aumento dos temores de recessão após movimentos de bancos centrais de todo o mundo para conter a inflação crescente, na esteira do maior aumento de juros do Federal Reserve desde 1994.

O benchmark S&P 500 sofreu sua sexta queda em sete sessões. As ações subiram na quarta-feira, com o Fed entregando uma alta agressiva de 75 pontos base, como esperado, para ajudar o índice a quebrar sua mais longa sequência de perdas diárias desde o início de janeiro.

O Dow Jones Industrial Average caiu 741,46 pontos, ou 2,42%, para 29.927,07, o S&P 500 perdeu 123,22 pontos, ou 3,25%, para 3.666,77 e o Nasdaq Composite caiu 453,06 pontos, ou 4,08%, para 10.646,10.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos