Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    49.128,70
    -4.010,12 (-7,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Wall Street bate recorde com forte relatório de empregos e novo medicamento para Covid

·2 min de leitura

Por Lewis Krauskopf e Devik Jain e Bansari Mayur Kamdar

(Reuters) - Os principais índices de Wall Street fecharam em patamares recordes nesta sexta-feira e acumularam ganhos sólidos na semana após um forte relatório de empregos nos Estados Unidos e a divulgação de dados positivos para a pílula experimental da Pfizer contra Covid-19.

O S&P 500 e o Nasdaq registraram o sétimo fechamento recorde consecutivo. Os dois índices e o Dow Jones tiveram a quinta semana seguida de valorização.

Um relatório do Departamento de Trabalho mostrou que o emprego nos EUA aumentou mais do que o esperado em outubro, à medida que as infecções por Covid-19 desaceleraram durante o verão do hemisfério Norte.

Um estudo com a pílula antiviral experimental da Pfizer Inc para Covid-19 foi interrompido logo após a droga ter reduzido em 89% as chances de hospitalização ou morte para adultos em risco de desenvolver doença grave. As ações da Pfizer saltaram cerca de 11%.

A notícia manteve a corrida pelas ações depois que os investidores no início da semana digeriram a decisão do Federal Reserve de começar a reduzir suas compras mensais de títulos que foi estabelecida para apoiar a economia.

"O ímpeto que vimos esta semana continuou, e o relatório de empregos e o anúncio da Pfizer certamente estão fornecendo dados positivos para os investidores colocarem mais dinheiro no mercado agora", disse Chuck Carlson, CEO da Horizon Investment Services em Hammond, Indiana.

O Dow Jones subiu 0,56%, para 36.327,95 pontos, o S&P 500 teve alta de 0,37%, para 4.697,53 pontos, e o Nasdaq Composite avançou 0,2%, para 15.971,59 pontos.

Na semana, o S&P 500 subiu 2%, o Dow subiu 1,42%, enquanto o Nasdaq subiu 3,05%.

As ações de viagens avançaram após o anúncio da Pfizer, com o índice da S&P de linhas aéreas subindo 7%, e os operadores de cruzeiros Carnival Corp, Royal Caribbean Cruises e Norwegian Cruise registrando ganhos entre cerca de 8% a 9%.

"Ainda é cedo para ser definitivo, mas esta (pílula) parece uma verdadeira virada de jogo para muitos setores como lazer e transporte, você está vendo isso refletido nos preços", disse Andre Bakhos, diretor administrativo da New Vines Capital LLC em Bernardsville, Nova Jersey.

Entre os setores do S&P 500, energia e industriais lideraram, com alta de 1,4% e 1%, respectivamente.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos