Mercado fechado

Wall Street avança com Boeing e expectativas de recuperação

Por Shreyashi Sanyal e Devik Jain

Por Shreyashi Sanyal e Devik Jain

(Reuters) - Um salto nas ações da Boeing impulsionava Wall Street nesta quarta-feira, com os investidores permanecendo otimistas sobre a recuperação econômica após as perdas causadas pelo coronavírus em meio à agitação social no país.

A Boeing Co subia 5,5% e tinha o melhor desempenho no índice Dow Jones depois que a empresa Third Point, do investidor bilionário Daniel Loeb, disse que assumiu uma participação na fabricante de aeronaves.

Dados nesta quarta-feira mostraram sinais de estabilização no mercado de trabalho doméstico depois que o relatório da ADP mostrou que os empregadores do setor privado demitiram 2,76 milhões de trabalhadores, abaixo da expectativa de 9 milhões.

Os dados foram divulgados antes do relatório de emprego do governo na sexta-feira.

Sustentando o humor ainda mais, o Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM) mostrou que a atividade de serviços nos EUA saiu de uma mínima de 11 anos em maio.

O S&P 500 e o Nasdaq subiram em sete das últimas oito sessões, e agora estão cerca de 8% e 2% abaixo de suas máximas recordes de meados de fevereiro.

Às 12:03 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 1,36%, a 26.092 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 0,984478%, a 3.111 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 0,54%, a 9.661 pontos.