Mercado abrirá em 7 h 4 min
  • BOVESPA

    108.714,55
    +2.418,37 (+2,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.833,80
    -55,86 (-0,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,87
    +0,11 (+0,13%)
     
  • OURO

    1.803,70
    -3,10 (-0,17%)
     
  • BTC-USD

    62.544,59
    +524,11 (+0,85%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.503,10
    +1.260,42 (+519,38%)
     
  • S&P500

    4.566,48
    +21,58 (+0,47%)
     
  • DOW JONES

    35.741,15
    +64,13 (+0,18%)
     
  • FTSE

    7.222,82
    +18,27 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    26.028,94
    -103,09 (-0,39%)
     
  • NIKKEI

    29.126,41
    +526,00 (+1,84%)
     
  • NASDAQ

    15.575,75
    +80,00 (+0,52%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4303
    -0,0060 (-0,09%)
     

Wall Street afunda por alta de rendimentos de títulos dos EUA e receio com inflação

·2 minuto de leitura
Placa de Wall Street em frente ao prédio da Bolsa de Nova York

Por Stephen Culp

NOVA YORK (Reuters) - As ações em Wall Street terminaram em forte queda nesta terça-feira, em um amplo movimento de vendas ditado por alta nos rendimentos dos títulos do Tesouro dos EUA, intensificação de receios com a persistente inflação e litigiosas negociações em Washington acerca do teto da dívida.

Todos os três principais índices de ações dos EUA caíram quase 2% ou mais, com papéis ligados ao setor de tecnologia, sensíveis à taxa de juros, exercendo a maior pressão negativa sobre o mercado geral, conforme investidores perderam o apetite por risco.

O S&P 500 sofreu a maior queda diária desde maio, e o índice Nasdaq, a maior desde março. Ambos os índices estão a caminho de registrar as maiores quedas mensais desde setembro de 2020.

"O quadro geral é o aumento repentino dos rendimentos na semana passada, que levou a uma mentalidade de 'vender primeiro, perguntar depois'", disse Ryan Detrick, estrategista de mercado sênior da LPL Financial em Charlotte, Carolina do Norte.

"(Mas) existem vários fatores que pesam sobre o sentimento hoje", acrescentou Detrick. "O vaivém em Washington com o teto da dívida e com o projeto de despesas, e impostos potencialmente mais altos têm pesado sobre a psique geral do investidor e levaram a uma venda de bom tamanho."

A fraqueza permeou a maioria das classes de ativos, incluindo ouro, sugerindo uma aversão a risco generalizada.

Os rendimentos dos títulos do Tesouro dos EUA seguiam em alta, e a taxa de dez anos bateu uma máxima desde junho, à medida que as expectativas de inflação aumentaram e cresceram temores de que o Federal Reserve (banco central norte-americano) possa encurtar seu cronograma de aperto da política monetária.

A secretária do Tesouro, Janet Yellen, disse esperar que a inflação termine 2021 perto de 4% e advertiu parlamentares de que o fracasso em evitar uma paralisação do governo à medida que o país se aproxima do esgotamento de sua capacidade de endividamento pode causar "sérios danos" à economia.

Os republicanos do Senado parecem dispostos a derrubar os esforços dos democratas para estender a autorização para o governo se endividar e evitar um possível default de crédito dos EUA.

O Dow Jones caiu 1,63%, para 34.299,99 pontos; o S&P 500 teve queda de 2,04%, a 4.352,63 pontos, e o Nasdaq Composite recuou 2,83%, para 14.546,68 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos