Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.649,97
    -971,61 (-0,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.539,57
    -522,04 (-1,09%)
     
  • PETROLEO CRU

    105,88
    -3,90 (-3,55%)
     
  • OURO

    1.808,80
    -8,70 (-0,48%)
     
  • BTC-USD

    18.924,52
    -1.277,41 (-6,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    406,03
    -25,44 (-5,90%)
     
  • S&P500

    3.786,03
    -32,80 (-0,86%)
     
  • DOW JONES

    30.779,71
    -249,60 (-0,80%)
     
  • FTSE

    7.169,28
    -143,04 (-1,96%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    26.393,04
    -411,56 (-1,54%)
     
  • NASDAQ

    11.515,75
    -175,25 (-1,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4828
    +0,0722 (+1,33%)
     

Wall Street cai com vendas por projeção fraca da Snap

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Pedestre caminha em frente a placa sinalizando Wall Street, em Nova York
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Devik Jain e Anisha Sircar

(Reuters) - Os principais índices de Wall Street caíam nesta terça-feira, com o Nasdaq liderando as perdas, uma vez que projeção fraca da proprietária do Snapchat, Snap Inc, aumentava o nervosismo com a economia e a inflação.

A Snap Inc despencava 39,7%, arrastando várias ações de internet e mídia social, depois de a empresa ter cortado sua estimativa de balanço do segundo trimestre e dizer que a economia piorou mais rápido do que o esperado no mês passado.

Twitter Inc, Alphabet Inc, Meta Platforms Inc e Pinterest Inc, que dependem com força da receita de publicidade, perdiam entre 3,0% e 24,8%.

"A Snap é 'proxy' da publicidade online e quando você vê fraqueza lá, automaticamente pensa em Facebook, Pinterest e Google", disse Dennis Dick, operador da Bright Trading LLC.

Nove dos 11 principais setores do S&P caíam depois de alta generalizada na sessão anterior. O setor de serviços de comunicação tinha perda de 5,2%.

Wall Street se recuperou na segunda-feira de forte liquidação na semana passada, que levou o S&P 500 e o Nasdaq à mais longa série de declínios semanais desde o estouro da bolha da Internet, em 2001, devido às preocupações com uma recessão.

Às 11:52 (de Brasília), o índice Dow Jones caía 1,52%, a 31.394,83 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 2,14%, a 3.888,53 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite recuava 3,37%, a 11.146,05 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos