Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.011,54
    +1.941,85 (+1,85%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.589,88
    -7,41 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    69,60
    +3,34 (+5,04%)
     
  • OURO

    1.777,30
    -4,70 (-0,26%)
     
  • BTC-USD

    49.146,93
    +384,05 (+0,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.270,57
    +10,41 (+0,83%)
     
  • S&P500

    4.592,49
    +54,06 (+1,19%)
     
  • DOW JONES

    35.222,54
    +642,46 (+1,86%)
     
  • FTSE

    7.232,28
    +109,96 (+1,54%)
     
  • HANG SENG

    23.349,38
    -417,31 (-1,76%)
     
  • NIKKEI

    27.927,37
    -102,20 (-0,36%)
     
  • NASDAQ

    15.843,25
    +125,50 (+0,80%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4136
    +0,0183 (+0,29%)
     

Wall St vira para baixo após falas de Powell sobre corte de estímulos

·1 min de leitura
Fachada da Bolsa de Nova York

(Reuters) - Os índices em Wall Street reverteram o curso e operavam em baixa nesta sexta-feira, enquanto o Nasdaq chegou a cair mais de 1% após comentários sobre corte de estímulos feitos pelo chair do Federal Reserve, Jerome Powell, assustarem os mercados, que negociam em níveis recordes.

O Dow e o S&P 500 bateram recordes no início da sessão, com ganhos da American Express, antes de Powell dizer que o banco central dos EUA está "no caminho certo" para começar a reduzir suas compras de ativos.

"Toda vez que ele (Powell) falou sobre a redução gradual de estímulos até agora, os mercados não ficaram incomodados com isso, mas agora, em níveis recordes, investidores tendem a ser um pouco mais sensíveis a essas notícias", disse Randy Frederick, diretor administrativo de negociação e derivativos para a Charles Schwab em Austin, Texas.

O índice de referência S&P 500 ainda está a caminho de sua terceira semana consecutiva de ganhos, em alta de cerca de 1,4% no período.

Sete dos 11 principais índices setoriais do S&P 500 ainda estavam em alta no início da tarde, enquanto o setor de serviços de comunicação caía mais de 2% ao ser atingido por uma queda nos gigantes da mídia social.

Facebook Inc cedia 5,7%, e Twitter Inc perdia 4,4%, depois de o Snap Inc dizer que mudanças de privacidade da Apple Inc em dispositivos iOS prejudicaram a capacidade da empresa de direcionar e medir sua publicidade digital. As ações do Snap despencavam 25,3%.

Às 13:38 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,1%, a 35.638 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,369029%, a 4.533 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuava 0,87%, a 15.083 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos