Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.541,95
    -1.079,62 (-1,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.524,45
    -537,16 (-1,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    106,47
    +0,71 (+0,67%)
     
  • OURO

    1.805,30
    -2,00 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    20.396,26
    +352,88 (+1,76%)
     
  • CMC Crypto 200

    436,52
    +5,05 (+1,17%)
     
  • S&P500

    3.785,38
    -33,45 (-0,88%)
     
  • DOW JONES

    30.775,43
    -253,88 (-0,82%)
     
  • FTSE

    7.169,28
    -143,04 (-1,96%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    26.229,27
    -163,77 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    11.507,75
    -21,75 (-0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4973
    -0,0083 (-0,15%)
     

S&P 500 fica a caminho de confirmar "mercado em baixa" em meio a temores inflacionários

Operador na bolsa de NY

Por Sruthi Shankar e Devik Jain

(Reuters) - Os principais índices de Wall Street caíam acentuadamente nesta segunda-feira, com o S&P 500 a caminho de confirmar o chamado "mercado em baixa" ("bear market", na expressão em inglês) devido a temores de que aumentos agressivos de juros pelo Federal Reserve levem a economia à recessão.

Um fechamento do índice de referência S&P 500 em mais de 20% abaixo do pico recorde de encerramento, em 3 de janeiro, confirmaria o "mercado em baixa", de acordo com uma definição amplamente usada. Seria a primeira vez que o S&P confirmaria um mercado em baixa desde o tombo que a pandemia provocou em Wall Street em 2020.

Apple Inc, Alphabet Inc, Microsoft Corp e Amazon.com Inc caíam entre 1,5% e 3,3% no dia.

Uma leitura de inflação norte-americana acima do esperado na sexta-feira passada levava operadores a precificar um total de 1,75 ponto percentual em aumentos de juros pelo Federal Reserve até setembro, com muitos esperando alta de 0,75 ponto já em seu encontro desta semana, que começa na terça e se encerra na quarta-feira.

"Em todo o lugar há luzes piscando em amarelo e, talvez, piscando em vermelho, sugerindo que a inflação continuará por algum tempo", disse Chris Campbell, estrategista-chefe da Kroll.

"Houve alguma especulação de que o Fed pode acelerar o aumento de juros, talvez até a 0,75 ponto percentual nesta próxima reunião, o que eu sugeriria não ser o suficiente para desacelerar significativamente a inflação, mas tudo isso significa que há tempos difíceis à frente para a economia."

A curva que compara os rendimentos dos Treasuries de dois anos e dez anos se inverteu brevemente pela primeira vez desde abril nesta segunda-feira, movimento visto por muitos no mercado como sinal confiável de que uma recessão pode ocorrer em um ou dois anos.

Às 12:05 (de Brasília), o índice S&P 500 perdia 3,66%, a 3.758,00 pontos, enquanto o Dow Jones caía 2,78%, a 30.521,32 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite recuava 4,33%, a 10.849,35 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos