Mercado fechará em 1 h 29 min
  • BOVESPA

    129.818,04
    +377,01 (+0,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.270,95
    -15,51 (-0,03%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,81
    -0,10 (-0,14%)
     
  • OURO

    1.865,40
    -14,20 (-0,76%)
     
  • BTC-USD

    40.073,29
    +2.528,60 (+6,73%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.000,26
    +31,42 (+3,24%)
     
  • S&P500

    4.235,46
    -11,98 (-0,28%)
     
  • DOW JONES

    34.229,09
    -250,51 (-0,73%)
     
  • FTSE

    7.146,68
    +12,62 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.065,25
    +71,00 (+0,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1521
    -0,0405 (-0,65%)
     

Wall St sobe com relatório de emprego acalmando preocupações inflacionárias

·2 minuto de leitura
Bolsa de NY

Por Medha Singh e Shashank Nayar

(Reuters) - Os mercados acionários norte-americanos subiam nesta sexta-feira, com as ações de tecnologia liderando a trajetória, à medida que um crescimento mais fraco do que o esperado no emprego aliviava preocupações sobre o aquecimento da economia, o que poderia causar um endurecimento precoce da política monetária.

O relatório do Departamento do Trabalho mostrou que os postos de trabalho fora do setor agrícola aumentaram em 559 mil no mês passado, auxiliados pelas vacinações e pela reabertura da economia, após uma desaceleração inesperada do mercado de trabalho em abril.

Economistas consultados pela Reuters projetavam abertura de 650 mil novos empregos em maio.

"Os dados de empregos têm ajudado a acalmar os nervos dos investidores em relação aos temores inflacionários", disse Josh Wein, gestor de portfólio da Hennessy Funds.

"Os temores inflacionários estão exagerados, e agora se trata mais de uma questão de participação da força de trabalho do que de temores de uma economia superaquecida, já que o problema está no lado da oferta e não da demanda."

Preocupações de que uma recuperação econômica robusta possa resultar em um período prolongado de inflação e levar o Federal Reserve a ponderar sobre uma redução de seu nível de apoio à crise têm pesado no imaginário dos investidores recentemente.

O segmento de tecnologia do S&P tinha alta de 1,4%, e outras empresas de alto crescimento também avançavam à medida que os yields dos Treasuries de prazo mais longo diminuíam.

Os principais índices de Wall Street caminhavam para avançar pela segunda semana consecutiva, com otimismo em torno da recuperação econômica em meio a uma série de dados encorajadores nesta semana.

Às 12:48 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,25%, a 34.664 pontos, enquanto S&P 500 ganhava 0,719558%, a 4.223 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 1,38%, a 13.803 pontos.