Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.316,16
    -1.861,39 (-1,63%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.774,91
    -389,10 (-0,71%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,38
    -1,63 (-2,01%)
     
  • OURO

    1.927,60
    -2,40 (-0,12%)
     
  • BTC-USD

    22.971,32
    +39,18 (+0,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    526,66
    +9,65 (+1,87%)
     
  • S&P500

    4.070,56
    +10,13 (+0,25%)
     
  • DOW JONES

    33.978,08
    +28,67 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.765,15
    +4,04 (+0,05%)
     
  • HANG SENG

    22.688,90
    +122,12 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    27.382,56
    +19,81 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    12.221,00
    +114,25 (+0,94%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5462
    +0,0265 (+0,48%)
     

Wall St salta após relatório de empregos nos EUA de dezembro aliviar temores sobre juros

Operador trabalha na Bolsa de Nova York, EUA

Por Shubham Batra e Ankika Biswas

(Reuters) - Os principais índices de Wall Street subiam nesta sexta-feira, depois que uma série de dados econômicos, que incluem o arrefecimento dos salários e a moderação no crescimento do emprego nos Estados Unidos em dezembro, acalmou preocupações sobre a trajetória de alta dos juros do Federal Reserve. Foram abertos 223.000 postos de emprego fora do setor agrícola em dezembro, mostraram dados do Departamento do Trabalho dos EUA, enquanto um avanço de 0,3% nos rendimentos médios veio abaixo do esperado e do mês anterior.

Um mercado de trabalho resiliente impulsionou a economia por meio dos gastos do consumidor, mas pode levar o Fed a elevar sua meta de taxa de juros acima do pico de 5,1% projetado no mês passado e mantê-la nesse nível por um tempo.

Outros dados mostraram que a atividade de serviços nos EUA contraiu pela primeira vez em mais de dois anos e meio em dezembro em meio ao enfraquecimento da demanda, com mais sinais de enfraquecimento da inflação.

Às 13:29 (de Brasília), o índice S&P 500 ganhava 1,55%, a 3.867,26 pontos, enquanto o Dow Jones subia 1,58%, a 33.451,71 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançava 1,42%, a 10.451,31 pontos.