Mercado abrirá em 2 h 37 min

Wall St fecha em baixa com investidor no aguardo de progresso comercial entre EUA e China

Por Sinéad Carew

Por Sinéad Carew

NOVA YORK (Reuters) - Os índices de ações dos Estados Unidos fecharam em leve queda nesta quinta-feira, com investidores ficando de lado com mensagens confusas e sem sinais concretos de progresso nas relações comerciais entre Estados Unidos e China.

A Câmara dos Deputados dos EUA aprovou dois projetos de lei para apoiar manifestantes em Hong Kong e mandar um aviso à China sobre direitos humanos, uma medida que irritou Pequim.

Mas a China convidou os principais negociadores comerciais dos EUA para uma nova rodada de negociações presenciais em Pequim, reportou o Wall Street Journal, citando fontes não identificadas.

Isso foi um dia depois de as ações recuarem com base no noticiário de que um acordo de fase um entre os dois países provavelmente não aconteceria este ano. Com isso, investidores ficaram receosos em fazer novas apostas em um acordo comercial, tendo em mente que os mercados acionários ainda estão próximas de recordes.

"O ponto principal dessa gangorra de otimismo são as perspectivas para a fase um de um acordo comercial. Os investidores estão puxando pétalas de uma margarida dizendo: 'Isso vai acontecer este ano, não vai'", disse Sam Stovall, estrategista-chefe de investimentos da CFRA Research em Nova York.

O índice Dow Jones caiu 0,2%, a 27.766 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,158278%, a 3.104 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,24%, a 8.506 pontos.