Mercado fechado

Wall St fecha em baixa com dados econômicos mistos e temores de recessão

Por Echo Wang

(Reuters) - Os principais índices de Wall Street encerraram em queda e o índice de tecnologia Nasdaq atingiu uma mínima de fechamento em 2022 nesta quarta-feira, conforme investidores enfrentaram dados econômicos mistos, aumento de casos de Covid-19 na China e tensões geopolíticas esperadas para 2023.

O Nasdaq terminou na menor cotação desde novembro de 2021, na esteira de uma máxima recorde. A última vez que o Nasdaq fechou em um nível menor foi em julho de 2020. Sua mínima de fechamento anterior para 2022 foi em 14 de outubro.

Dezembro costuma ser um mês forte para as ações, com alta na semana entre o Natal e o Ano Novo. O índice S&P 500 registrou perdas em apenas 18 meses de dezembro desde 1950, mostram dados da Truist Advisory Services. Todos os 11 índices setoriais do S&P 500 recuaram nesta quarta-feira, com papéis de energia como as maiores baixas. [OU]

Investidores têm avaliado o movimento da China para reabrir sua economia atingida pela Covid-19 no contexto de um avanço nas infecções.

O S&P 500 cede 20% no acumulado do ano, a caminho de sua maior queda anual desde a crise financeira de 2008. A perda foi mais severa para o Nasdaq, que fechou no nível mais baixo desde julho de 2020.

O Dow Jones caiu 1,1%, para 32.875,71 pontos. O S&P 500 perdeu 1,2%, a 3.783,22 pontos. O Nasdaq recuou 1,35%, para 10.213,29 pontos.