Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.036,79
    +2.372,44 (+2,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.626,80
    -475,75 (-1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,74
    -1,49 (-1,83%)
     
  • OURO

    1.668,30
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    19.381,76
    -63,63 (-0,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    443,49
    +0,06 (+0,01%)
     
  • S&P500

    3.585,62
    -54,85 (-1,51%)
     
  • DOW JONES

    28.725,51
    -500,10 (-1,71%)
     
  • FTSE

    6.893,81
    +12,22 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    17.222,83
    +56,96 (+0,33%)
     
  • NIKKEI

    25.937,21
    -484,84 (-1,83%)
     
  • NASDAQ

    11.058,25
    -170,00 (-1,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3079
    +0,0099 (+0,19%)
     

Wall St fecha em baixa com alta dos juros dos títulos; índices registram quedas semanais

Operadores trabalham na Bolsa de Valores de Nova York

Por Caroline Valetkevitch

NOVA YORK (Reuters) - As ações dos Estados Unidos caíram nesta sexta-feira, em uma ampla liquidação liderada por papéis de megacapitalização, à medida que os rendimentos dos títulos do governo dos EUA subiram. O índice de referência S&P 500 registrou perdas semanais após quatro semanas consecutivas de ganhos.

O índice S&P 500 fechou em queda de 1,29%, a 4.228,48 pontos. O Dow Jones caiu 0,86%, a 33.706,74 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite recuou 2,01%, a 12.705,22 pontos.

Amazon.com, Apple e Microsoft caíram e foram as ações que mais pressionaram o S&P 500 e o Nasdaq. Juros mais altos tendem a ser problemáticos para empresas de crescimento e do setor tecnológico, cujas avaliações dependem mais dos fluxos de caixa futuros.

Os retornos dos Treasuries avançaram e os yields das notas de dez anos se aproximaram de 3%, depois que a Alemanha relatou aumentos recordes nos preços mensais ao produtor.

Investidores seguem avaliando o quão agressivo o banco central dos EUA pode precisar ser ao elevar os custos dos empréstimos para combater a inflação.

"O aumento da taxa (de juros) em todo o mundo e a retórica dura das autoridades de bancos centrais estão sendo usados ​​como desculpa para empurrar as ações para baixo em um volume muito leve em uma sessão de sexta-feira em agosto", disse Peter Cardillo, economista-chefe de mercado da Spartan Capital Securities em Nova York.

Os três principais índices registraram perdas na semana. O S&P 500 caiu cerca de 1,2%, e o Nasdaq recuou 2,6%, em suas primeiras quedas semanais após quatro semanas de ganhos. O Dow Jones cedeu cerca de 0,2% na semana.