Mercado abrirá em 8 h 46 min
  • BOVESPA

    113.812,87
    +105,11 (+0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.729,80
    -4,24 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,24
    -0,26 (-0,29%)
     
  • OURO

    1.767,00
    -4,20 (-0,24%)
     
  • BTC-USD

    22.782,76
    -669,92 (-2,86%)
     
  • CMC Crypto 200

    541,60
    -16,13 (-2,89%)
     
  • S&P500

    4.283,74
    +9,70 (+0,23%)
     
  • DOW JONES

    33.999,04
    +18,72 (+0,06%)
     
  • FTSE

    7.541,85
    +26,10 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    19.853,36
    +89,45 (+0,45%)
     
  • NIKKEI

    28.951,73
    +9,59 (+0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.500,00
    -23,25 (-0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2115
    -0,0023 (-0,04%)
     

Wall St fecha em alta forte após divulgação de sólidos balanços corporativos

Operadores trabalham no salão da Bolsa de Valores de Nova York

Por Echo Wang

(Reuters) - As ações dos Estados Unidos fecharam com ganhos acentuados nesta terça-feira, depois que mais empresas se uniram a grandes bancos na divulgação de balanços acima das expectativas, o que aliviou um pouco preocupações de que a inflação mais alta e o aperto monetário pelo banco central dos EUA prejudiquem os resultados corporativos.

O índice S&P 500 fechou em alta de 2,76%, a 3.936,69 pontos. O Dow Jones subiu 2,43%, a 31.827,05 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançou 3,11%, a 11.713,15 pontos.

O S&P 500 teve o maior fechamento desde 9 de junho. O Nasdaq marcou o maior ganho percentual diário desde 24 de junho.

Os papéis da Halliburton subiram 2,1%, depois que a provedora de serviços para campos de petróleo registrou um aumento de 41% no lucro ajustado trimestral. A fabricante de brinquedos Hasbro Inc avançou 0,7%, após reportar lucro trimestral acima das expectativas.

A inflação crescente levou os mercados a, inicialmente, precificar um incremento de 1 ponto percentual na taxa de juros na próxima reunião do Federal Reserve neste mês, até que alguns formuladores de política monetária sinalizaram que um ajuste de 0,75 ponto percentual é mais provável.

"O cenário macroeconômico não mudou", disse Paul Kim, CEO da Simplify Asset Management em Nova York. "Ainda temos lucros em baixa, pressões inflacionárias altas e um Fed restritivo. Portanto, no longo prazo, não acho que esse tipo de rali tenha capacidade de permanecer."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos