Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.451,20
    +74,85 (+0,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.442,21
    +436,10 (+0,97%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,08
    -0,07 (-0,09%)
     
  • OURO

    1.665,30
    -4,70 (-0,28%)
     
  • BTC-USD

    19.468,89
    +350,29 (+1,83%)
     
  • CMC Crypto 200

    444,83
    +16,05 (+3,74%)
     
  • S&P500

    3.719,04
    +71,75 (+1,97%)
     
  • DOW JONES

    29.683,74
    +548,75 (+1,88%)
     
  • FTSE

    7.005,39
    +20,80 (+0,30%)
     
  • HANG SENG

    17.250,88
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    26.352,25
    +178,27 (+0,68%)
     
  • NASDAQ

    11.544,25
    -11,50 (-0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2269
    -0,0057 (-0,11%)
     

Wall St fecha em alta com dificuldade após tombo da véspera

Operadores trabalham na Bolsa de Valores de Nova York

Por Stephen Culp

NOVA YORK (Reuters) - Wall Street encerrou em alta um pregão sem direção clara nesta quarta-feira, depois que um relatório de inflação ao produtor em linha com as expectativas estancou amplamente o fluxo de uma liquidação de terça e investidores apertaram o botão de "pausa".

Os três principais índices norte-americanos oscilaram muito ao longo do dia, mas encerraram no território positivo. Porém, não conseguiram recuperar o terreno perdido na terça-feira, que causou a maior queda percentual em mais de dois anos.

"Hoje é um dia de lamber suas feridas, depois de levar golpes intensos ontem", disse Ryan Detrick, estrategista-chefe de mercados do Carson Group em Omaha, Nebraska. "É um dia de descanso e isso é um sinal um tanto bem-vindo."

Os dados de preços ao produtor do Departamento do Trabalho dos Estados Unidos vieram perto das estimativas de consenso e forneceram algum alívio após a leitura do índice de preços ao consumidor, de terça-feira, que veio bem acima do esperado.

O índice S&P 500 fechou em alta de 0,34%, a 3.946,01 pontos. O Dow Jones subiu 0,10%, a 31.135,09 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançou 0,74%, a 11.719,68 pontos.

Seis dos 11 principais setores do S&P 500 avançaram, com as ações de energia na liderança entre os ganhadores, ajudadas pelo salto dos preços do petróleo em meio a preocupações com a oferta.