Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    57.830,29
    -1.062,88 (-1,80%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Wall St fecha com ganhos semanais; S&P 500 e Dow Jones batem máximas recordes

David French e Shivani Kumaresan
·2 minuto de leitura
Pessoas passam em frente ao prédio da Bolsa de Nova York, NY, EUA

Por David French e Shivani Kumaresan

(Reuters) - Os três principais índices de Wall Street encerraram esta sexta-feira em alta na sessão e na semana, com o S&P 500 e o Dow Jones cravando máximas recordes de fechamento. Investidores interpretaram fortes dados econômicos e balanços do setor bancário como sinais de impulso na recuperação norte-americana da pandemia da Covid-19.

Nove dos 11 segmentos do S&P tiveram alta nesta sexta-feira. Os índices de energia (-0,9%) e de tecnologia da informação foram as exceções. O primeiro foi influenciado pela queda dos preços do petróleo, enquanto o segundo teve ligeira queda um dia após registrar máxima histórica de fechamento.

Os índices S&P 500 e Dow Jones concluíram sua quarta semana consecutiva de ganhos. O S&P 500 marcou três máximas de fechamento nesta semana, enquanto o Dow Jones superou seu melhor resultado em dois dias consecutivos.

O índice tecnológico Nasdaq encerrou menos de 1% abaixo da sua máxima recorde de fechamento, alcançada em 12 de fevereiro.

A confiança dos investidores em relação às perspectivas parece estável, com o índice de volatilidade VIX , medida do medo de Wall Street, em queda de 1,9%, para seu menor fechamento em 14 meses.

Com um salto de 150% no lucro trimestral nesta sexta-feira, o Morgan Stanley juntou-se a outros grandes bancos dos EUA na publicação de números do primeiro trimestre, reforçando esperanças de uma rápida recuperação econômica.

Ainda assim, as ações do banco de investimento caíram 2,8%, já que a instituição também divulgou um prejuízo de quase 1 bilhão de dólares com o colapso do fundo privado Archegos.

As ações de JPMorgan Chase & Co, Goldman Sachs Group, Bank of America Corp e Wells Fargo & Co subiram entre 0,7% e 3,8%. O índice financeiro do S&P avançou para uma segunda máxima recorde consecutiva.

O índice Dow Jones subiu 0,48%, a 34.201 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,360875%, a 4.185 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,1%, a 14.052 pontos.

Na semana, o S&P 500 valorizou-se 1,4%, o Dow Jones aumentou 1,2%, e o Nasdaq ganhou 1,1%.