Mercado abrirá em 2 h 14 min

Preocupações com coronavírus arrastam Wall St para baixo, mas índices têm ganhos na semana

Por April Joyner

Por April Joyner

NOVA YORK (Reuters) - As ações dos Estados Unidos fecharam em queda nesta sexta-feira, à medida que temores dos danos econômicos causados ​​pela disseminação do coronavírus se intensificaram, embora os principais índices de Wall Street tenham terminado bem acima das mínimas da sessão.

O S&P 500 registrou seu décimo declínio nas últimas 12 sessões, com medidas para conter a disseminação do vírus impactando cadeias de suprimentos e provocando um corte acentuado nas previsões de crescimento econômico global para 2020.

Desde seu recorde em 19 de fevereiro, o S&P 500 recua mais de 12%, apagando 3,43 trilhões dólares em capitalização de mercado, de acordo com a S&P Dow Jones Indices.

No entanto, o S&P 500, junto com o Dow Jones e o Nasdaq, encerraram a semana com um ganho modesto, já que as ações reduziram as perdas ao final da sessão.

Comentários de autoridades do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) sobre a possibilidade de usar outras ferramentas, além de cortes nas taxas, a fim de atenuar o impacto econômico do coronavírus ajudaram as ações a amenizar as perdas, disse Alicia Levine, estrategista-chefe do BNY Mellon Investment Management em Nova York.

Os rendimentos dos Treasuries de longo prazo caíram para novas mínimas recordes, à medida que investidores fugiram para a segurança do mercado de bônus. A queda nos rendimentos dos Treasuries pesou bastante sobre as ações das empresas financeiras, que caíram 3,3%. O índice de bancos do S&P 500 caiu 4,7%, aprofundando o declínio total da semana para mais de 8%.

As ações das operadoras de cruzeiros Carnival Corp e Royal Caribbean Cruises Ltd também caíram, depois que a Reuters informou que o governo do presidente dos EUA, Donald Trump, estava avaliando maneiras de desencorajar viajantes norte-americanos a fazer cruzeiros. As ações de Carnival caíram 2,6%, e os papéis de Royal Caribbean tiveram queda de 1,2%.

O índice Dow Jones caiu 0,98%, para 25.864,78 pontos, o S&P 500 perdeu 1,71%, para 2.972,37 pontos, e o Nasdaq cedeu 1,87%, para 8.575,62 pontos.

Na semana, o S&P 500 subiu 0,6%, o Dow teve alta de 1,8%, e o Nasdaq avançou 0,1%.