Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,91 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,62 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    +2,79 (+2,68%)
     
  • OURO

    1.828,10
    -1,70 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    21.460,17
    +157,63 (+0,74%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,12
    +8,22 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,32 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.208,81
    +188,36 (+2,68%)
     
  • HANG SENG

    21.719,06
    +445,19 (+2,09%)
     
  • NIKKEI

    26.491,97
    +320,72 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    12.132,75
    +395,25 (+3,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5524
    +0,0407 (+0,74%)
     

S&P 500 recua antes de decisão de política monetária do Fed

Operador trabalha no salão da Bolsa de Valores de Nova York

Por Chuck Mikolajczak

NOVA YORK (Reuters) - O S&P 500 fechou em baixa nesta terça-feira, quando o índice não conseguiu se recuperar de uma forte queda registrada na sessão anterior em meio à expectativa com a divulgação de comunicado do Federal Reserve que vai relevar o quão agressiva será a trajetória da política monetária do banco central dos Estados Unidos.

Até pouco tempo atrás, a expectativa predominante entre analistas era de que o Fed aumentaria os juros em 0,50 ponto percentual ao fim de sua reunião de política monetária de dois dias, na quarta-feira.

No entanto, as apostas num aumento de 0,75 ponto vêm crescendo desde a divulgação, na sexta-feira passada, de dados de preços ao consumidor mais altos do que o esperado para maio nos EUA.

Atualmente, operadores estão precificando mais de 90% de chance de um aumento de 0,75 ponto percentual na taxa básica do Fed no encontro desta semana. Uma semana atrás, a probabilidade era de apenas 3,9%, de acordo com a ferramenta FedWatch, da CME.

"Em última análise, embora estejamos vendo ainda mais perdas e mais pressão negativa aqui, em geral hoje acreditamos que é realmente um dia de esperar para ver", disse Greg Bassuk, presidente-executivo da AXS Investments em Port Chester, Nova York.

O índice S&P 500 fechou em queda de 0,38%, a 3.735,48 pontos. O Dow Jones caiu 0,50%, a 30.364,83 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançou 0,18%, a 10.828,35 pontos.

O índice S&P 500 sofreu seu quinto declínio diário consecutivo, marcando sua maior sequência de baixas desde o início de janeiro. As perdas de segunda-feira haviam deixado o índice mais de 20% abaixo de seu pico recorde mais recente, confirmando um mercado em baixa ("bear market", em inglês), de acordo com uma definição comumente usada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos