Mercado abrirá em 1 h

Wall St cai após previsão da Microsoft atingir ações de tecnologia, balanços decepcionam

Fachada da Bolsa de Valores de Nova York

Por Shreyashi Sanyal e Johann M Cherian

(Reuters) - Os principais índices de Wall Street recuavam nesta quarta-feira, com o índice de tecnologia Nasdaq em queda de 2%, com as ações do setor sob pressão pelas perspectivas da Microsoft, enquanto um relatório trimestral sombrio da Boeing alimentou temores de recessão.

Os papéis da Microsoft cediam 3,9% depois que a empresa alertou que o crescimento em seu lucrativo segmento de armazenamento na nuvem poderia estagnar, enquanto sua unidade de computadores continuava a ter dificuldades. O setor de tecnologia do índice S&P 500 perdia 2,1%, na lanterna entre os 11 principais índices setoriais.

Outras ações de grande crescimento, que incluem Apple, Alphabet e Tesla, também caíam entre 1,5% e 3,0%.

A Boeing, listada no índice Dow Jones, tinha queda de 1,3% uma vez que as perdas da fabricante de aviões aumentaram em 2022 e a companhia não atingiu as estimativas de receita do quarto trimestre.

Às 13h31 (horário de Brasília), o índice S&P 500 caía 1,26%, a 3.966,30 pontos; o Dow Jones tinha queda de 0,88%, a 33.437,13 pontos, e o índice de tecnologia Nasdaq Composite recuava 1,63%, a 11.149,94 pontos.