Mercado abrirá em 1 h 38 min

Wall Street tem forte queda com aumento de ansiedade por coronavírus

Por Sinéad Carew

Por Sinéad Carew

(Reuters) - O índice S&P 500, referência da bolsa de valores de Nova York, fechou em queda de mais de 4% nesta quarta-feira, depois de um sério alerta sobre o número de mortos em decorrência do coronavírus nos Estados Unidos levar investidores a fugir até mesmo das ações mais defensivas.

Dados econômicos mostraram que a atividade manufatureira dos EUA contraiu menos do que o esperado no mês de março, mas as interrupções causadas pela pandemia do coronavírus levaram aos novos pedidos recebidos pelas fábricas às mínimas em 11 anos, reforçando a visão dos economistas de que a economia estava em recessão.

Além disso, o fechamento de empresas, com as autoridades tentando conter o coronavírus, gerou uma redução de 27 mil postos de trabalho no setor privado no mês passado, no primeiro declínio desde setembro de 2017, de acordo com o Relatório Nacional de Emprego anunciado separadamente nesta quarta-feira.

O índice Dow Jones e o índice de referência S&P 500 acentuaram as perdas após sofrerem o seu pior primeiro trimestre à medida que o presidente Donald Trump alertou os norte-americanos sobre "dolorosas" duas semanas pela frente, e as autoridades de saúde destacarem as previsões de pesquisas sobre um enorme salto das mortes relacionadas ao vírus.

Aproximadamente duas semanas antes do início da temporada de balanços do primeiro trimestre, os investidores estão "muito sensíveis às últimas notícias" sobre o vírus devido à falta de informações fundamentais, disse John Augustine, diretor de investimentos do Huntington National Bank em Columbus, Ohio.

"Ainda não sabemos todo o impacto econômico e nos balanços e isso é preocupante para os norte-americanos com essas projeções da taxa de mortalidade", disse Augustine.

As empresas do S&P 500 devem entrar em recessão em 2020, recuando 4,3% no primeiro trimestre e 10,9% no segundo, de acordo com as últimas estimativas coletadas pela Refinitiv.

O Dow Jones Industrial Average recuou 4,44%, para 20.943,51 pontos, o S&P 500 perdeu 4,41%, para 2.470,5 pontos e o Nasdaq Composite retraiu 4,41%, para 7.360,58 pontos.