Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.647,99
    +1.462,52 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.798,38
    +658,14 (+1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,66
    +1,35 (+1,66%)
     
  • OURO

    1.768,10
    -29,80 (-1,66%)
     
  • BTC-USD

    61.036,45
    -1.271,15 (-2,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.464,06
    +57,32 (+4,07%)
     
  • S&P500

    4.471,37
    +33,11 (+0,75%)
     
  • DOW JONES

    35.294,76
    +382,20 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.234,03
    +26,32 (+0,37%)
     
  • HANG SENG

    25.330,96
    +368,37 (+1,48%)
     
  • NIKKEI

    29.068,63
    +517,70 (+1,81%)
     
  • NASDAQ

    15.144,25
    +107,00 (+0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3297
    -0,0741 (-1,16%)
     

Ações de tecnologia impulsionam Nasdaq; bancos pesam sobre S&P 500 e Dow Jones

·2 minuto de leitura
Operadores trabalham na Bolsa de Nova York, EUA

Por Devik Jain

(Reuters) - O índice Nasdaq avançava nesta quarta-feira, uma vez que as ações de tecnologia voltavam a ser as favoritas do mercado em meio a preocupações com o aumento da inflação, enquanto os papéis de bancos caíam apesar de resultados fortes do JPMorgan.

Os setores de tecnologia e serviços de comunicação estavam entre as poucas altas no grupo dos 11 principais setores do S&P.

Facebook Inc, Amazon.com Inc, Alphabet Microsoft Corp e Tesla --empresas de megacapitalização de mercado-- avançavam, enquanto as fabricantes de chips subiam 0,5% depois de três dias de perdas.

Um relatório do Departamento do Trabalho mostrou que os preços ao consumidor nos Estados Unidos subiram em setembro e devem avançar ainda mais em meio ao salto nos custos de produtos de energia, o que lançaria dúvidas sobre a visão do Federal Reserve de que o aumento da inflação é transitório.

"O número de hoje dos preços ao consumidor pode pelo menos influenciar alguns membros a colocar um peso maior no risco de inflação", disse Jai Malhi, estrategista de mercado global da J.P. Morgan Asset Management.

"Tanto o Fed quanto o mercado devem aceitar que um mercado de trabalho apertado e a persistência da inflação confirmam que tirar o pé do acelerador é agora o certo a se fazer."

O foco estará agora sobre a ata da reunião de política monetária do Fed de setembro, a ser divulgada ainda nesta quarta-feira, com o mercado em busca de mais sinais de que o estímulo da crise está com os dias contados.

O balanço trimestral do JPMorgan Chase & Co superou as expectativas, mas suas ações perdiam 2,5% e pesavam sobre o Dow Jones e o S&P 500. O índice bancário tinha queda de 2,2%.

Às 11:51 (horário de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,44%, a 34.227 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,148024%, a 4.344 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 0,37%, a 14.519 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos