Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.093,88 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,94 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,26 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.802,10
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    34.263,20
    +673,82 (+2,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,20 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.091,25
    +162,75 (+1,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1216
    +0,0014 (+0,02%)
     

Volvo se une ao Google e à Nvidia para criar sistema operacional de seus carros

·2 minuto de leitura

A Volvo anunciou nesta semana que terá um sistema operacional próprio para seus automóveis a partir de 2022. Chamado de VolvoCars.OS, o sistema será desenvolvido em parceria com o Google e a Nvidia, que se juntam à montadora sueca para criar um ecossistema que funcione em perfeita harmonia com a proposta automotiva dos vindouros modelos 100% elétricos e conectados da marca.

Essa próxima geração de carros da Volvo, incluindo o primeiro SUV da empresa em uma base de tecnologia exclusivamente elétrica completamente nova, será executada no próprio sistema operacional VolvoCars.OS, o que deve proporcionar um desenvolvimento mais rápido e flexível. Juntamente com atualizações remotas mais frequentes para os carros dos clientes ao longo de sua vida, o objetivo da empresa é tornar os automóveis melhores a cada dia.

Desse modo, o VolvoCars.OS atuará como um sistema guarda-chuva para carros elétricos da Volvo. Ele incorpora vários sistemas operacionais da montadora no carro e na nuvem, criando um ambiente de software coerente, tudo feito com base em outros SOs, como o Android Automotive OS, QNX, AUTOSAR e Linux. Por meio de uma variedade de interfaces de programação de aplicativos (APIs), incluindo a API Extended Vehicle, o novo sistema operacional dá aos desenvolvedores acesso aos recursos do carro, como dados do sensor de segurança, interfaces de usuário e recursos baseados em nuvem, como dados da frota e assuntos que necessitam consentimento do cliente. Isso permite que os desenvolvedores criem serviços e aplicativos para os novos modelos da marca.

Volvo terá um sistema ainda mais integrado a smartphones graças ao Google (Imagem: Volvo)
Volvo terá um sistema ainda mais integrado a smartphones graças ao Google (Imagem: Volvo)

Nvidia e Google na retaguarda

Ao transferir o comando do sistema operacional para dentro do veículo, a Volvo vai precisar de um ecossistema robusto e, para isso, conta com a ajuda do Google e da Nvidia, que já trabalha com a empresa em outros projetos, como os carros autônomos. No caso da fabricante de placas, sua participação se concentra na infraestrutura computacional e nos sistemas principais, enquanto a gigante das buscas cuidará do infotenimento e conectividade, um dos poucos aspectos em que os atuais modelos da montadora sueca deixa a desejar.

Imagem: Volvo Cars
Imagem: Volvo Cars

Para realmente se beneficiar do desenvolvimento de software interno, a Volvo também está centralizando a computação dentro de seus carros totalmente elétricos em um sistema central, eliminando muita complexidade. Em vez de depender de várias unidades de controle eletrônico ao redor do carro que controlam recursos e sistemas individuais, uma quantidade cada vez maior de software desenvolvido internamente será executado em um poderoso sistema de computação central no carro.

A mudança para a computação centralizada também permite que a montadora separe gradualmente o hardware do software. Isso significa que será possível introduzir ciclos de hardware mais frequentes, para que os novos modelos da marca possam ser equipados com o hardware mais recente disponível.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos