Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.061,99
    -871,79 (-0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.633,89
    +104,92 (+0,22%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,95
    -0,72 (-1,15%)
     
  • OURO

    1.792,80
    +14,40 (+0,81%)
     
  • BTC-USD

    56.090,64
    +110,88 (+0,20%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.289,94
    +26,98 (+2,14%)
     
  • S&P500

    4.156,77
    +21,83 (+0,53%)
     
  • DOW JONES

    33.984,92
    +163,62 (+0,48%)
     
  • FTSE

    6.905,17
    +45,30 (+0,66%)
     
  • HANG SENG

    28.621,92
    -513,81 (-1,76%)
     
  • NIKKEI

    28.508,55
    -591,83 (-2,03%)
     
  • NASDAQ

    13.844,00
    +49,75 (+0,36%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7022
    -0,0003 (-0,00%)
     

Volvo corta produção no Brasil por falta de componentes

Marcelo Rochabrun
·1 minuto de leitura
.

Por Marcelo Rochabrun

SÃO PAULO (Reuters) - A Volvo anunciou nesta segunda-feira um corte significativo na produção de caminhões no Brasil pelo restante do mês devido à escassez mundial de semicondutores e também devido ao agravamento da pandemia de Covid-19 no país.

A Volvo está parcialmente seguindo os passos da Volkswagen, que na sexta-feira disse que interromperia toda a produção de automóveis por duas semanas.

Embora a Volkswagen não tenha citado a falta de semicondutores como um fator em sua decisão, a associação de montadoras do Brasil, Anfavea, disse no início de março que todas as fábricas de automóveis estavam sendo afetadas.

Diversas outras montadoras também restringiram a produção no Brasil devido à falta de peças, principalmente semicondutores.

A General Motors interrompeu a produção na fábrica de Gravataí (RS), onde fabrica o compacto Onix.

A Honda interrompeu a produção do sedã Civic no início de março, enquanto a Fiat dispensou cerca de 10% dos trabalhadores até semana passada para diminuir a produção.