Mercado fechará em 15 mins

Volume de compras por aplicativos aumentou 44,8% em 2022

Estudo levantou que o pico de compras in-app ocorre naturalmente durante o período de festas do quarto trimestre (Getty Creative)
Estudo levantou que o pico de compras in-app ocorre naturalmente durante o período de festas do quarto trimestre (Getty Creative)
  • Aplicativos registraram um aumento de 44,8% nas compras in-app no segundo trimestre de 2022;

  • Dados são referentes ao período entre julho de 2021 e junho de 2022, em todas as verticais (exceto games);

  • Estudo ainda levantou que o Brasil registrou o pico mais acentuado do mundo de instalações de apps durante a Black Friday do ano passado.

Dados que constam no relatório The State of App Marketing Brazil 2022, da AppsFlyer, comprovam que os aplicativos registraram um aumento de 44,8% nas compras in-app no segundo trimestre de 2022. As informações são do portal E-Commerce Brasil.

"Entre os dados do mercado brasileiro, destaque para o investimento de marketing de aplicativos somente no Android: US$ 1,876 bilhão. Os dados são referentes ao período entre julho de 2021 e junho de 2022, em todas as verticais (exceto games)", informa a reportagem. O estudo analisou 4,5 bilhões de instalações de apps (non-games) no Brasil, o que resulta em 12 mil aplicativos.

O estudo ainda levantou que o Brasil registrou o pico mais acentuado do mundo de instalações de apps durante a Black Friday do ano passado e que o pico de compras in-app ocorre naturalmente durante o período de festas do quarto trimestre, principalmente em novembro.

Cuidados na Black Friday

A Black Friday 2022 ocorrerá no dia 25 de novembro e é uma época em que todos estão esperando por uma oportunidade de economizar e finalmente comprar aquele item necessário ou de sonho de consumo. No entanto, é preciso ter atenção com algumas ofertas, nem sempre tão tentadoras, ou com as formas de pagamento.

O Procon-SP divulgou algumas dicas valiosas para antes, durante e após as compras, dentre as quais:

  • Antes de fechar a compra do objeto desejado, confira o seu orçamento e verifique se aquele valor a menos não irá comprometer as contas do próximo mês;

  • Fique atento à reputação da loja em sites de confiança, como o Reclame Aqui ou o Procon;

  • Seja qual for a forma de pagamento, redobre a atenção em todas elas;

  • Em casos de atraso ou ausência de entrega, o Procon-SP recomenda inicialmente entrar em contato com a empresa responsável.