Volta do IPI sobre carros e linha branca pressiona IPCA

Os automóveis novos e eletrodomésticos já ficaram mais caros em janeiro devido à volta do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Os aumentos foram captados pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O preço do automóvel novo subiu 1,41% em janeiro, o terceiro maior impacto sobre a taxa de 0,86% do IPCA no mês, com uma contribuição de 0,05 ponto porcentual. O item só ficou atrás das influências do cigarro (0,09 ponto porcentual) no primeiro lugar e de tomate e aluguel dividindo a segunda posição, com impacto 0,06 ponto porcentual cada. O peso do item é de 3,22% no orçamento das famílias, informou o IBGE.

"(A alta em) Automóveis novos não são efeito dos modelos novos, porque isso não obedece ao calendário civil. Tem montadoras que lançam em julho, outras em setembro. Então não tem efeito do modelo novo. Estamos atribuindo o aumento à volta do IPI", disse Eulina Nunes dos Santos, coordenadora de Índices de Preços do IBGE.

Graças à redução do IPI, os automóveis novos contribuíram com -0,21 ponto porcentual no IPCA de 2012. Como consequência, os automóveis usados também ficaram mais baratos, com influência de -0,18 ponto porcentual na inflação do ano. "Os automóveis usados ficam muito desvalorizados em função da oferta que as pessoas colocam no mercado com a compra dos automóveis novos", explicou Eulina. Juntos, os itens tiveram impacto de -0,39 ponto porcentual, movimento que deve ser devolvido no IPCA deste ano.

Já os eletrodomésticos, com produtos também beneficiados pela redução de IPI, tiveram leve aumento em 2012, mas que resultou em impacto nulo (0,0%) no IPCA do ano. Em janeiro, a perspectiva de volta da alíquota sobre produtos da linha branca já resultou em alta de 1,59% no item. "Nos eletrodomésticos, é a partir de 1º de fevereiro que a alíquota (do IPI) aumenta. Mas em janeiro já subiu o preço. Pode ter sido antecipação mesmo (da volta do IPI), ou podem ter retirado promoções", contou a coordenadora do IBGE. Os eletrodomésticos deram uma contribuição de 0,02 ponto porcentual sobre o IPCA de janeiro.

Carregando...