Mercado abrirá em 4 hs
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,96 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,60 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,44
    -0,18 (-0,17%)
     
  • OURO

    1.840,50
    +10,20 (+0,56%)
     
  • BTC-USD

    21.454,19
    +21,22 (+0,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    467,20
    +13,30 (+2,93%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,28 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.261,87
    +53,06 (+0,74%)
     
  • HANG SENG

    22.229,52
    +510,46 (+2,35%)
     
  • NIKKEI

    26.871,27
    +379,30 (+1,43%)
     
  • NASDAQ

    12.227,75
    +87,25 (+0,72%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5367
    -0,0157 (-0,28%)
     

Volta da Parada Gay turbina reservas do Airbnb em São Paulo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cidade de São Paulo disparou no Airbnb. Chegou ao posto de terceiro destino que mais cresceu em buscas e reservas para as acomodações oferecidas pelo site no mundo.

O motivo é a volta da Parada do Orgulho LGBT presencial, que acontece no próximo domingo (19), depois de duas edições online por causa da pandemia.

Para este final de semana, capital paulista está atrás apenas de Rotterdam, na Holanda, e de Puerto Vallarta, no México.

O evento é um grande impulsionador de demanda no calendário dos negócios de hospedagem na capital paulista.

De acordo com o levantamento do Airbnb, São Paulo é um dos destinos mais hospitaleiros para o público LGBTQIA+, e 84% das pessoas que se acomodaram na cidade deram avaliação cinco estrelas, a classificação máxima, para os imóveis no quesito hospitalidade.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos