Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.439,70
    -289,85 (-0,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Volkswagen suspenderá contratos de 1500 empregados em novembro

·2 min de leitura
Medida afeta a fábrica da empresa alemã localizada na rodovia Anchieta, em São Bernardo do Campo;(Photo credit should read NELSON ALMEIDA/AFP via Getty Images)
Medida afeta a fábrica da empresa alemã localizada na rodovia Anchieta, em São Bernardo do Campo;(Photo credit should read NELSON ALMEIDA/AFP via Getty Images)
  • Volkswagen suspenderá 1500 contratos de trabalho e terá turno único em novembro;

  • Medida afeta a fábrica da empresa alemã localizada na rodovia Anchieta, em São Bernardo do Campo;

  • Suspensão dos contratos funcionará por meio de lay-off, quando não há demissão definitiva.

A partir do dia 1º de novembro, a fábrica da Volkswagen localizada na Rodovia Anchieta, próximo a São Bernardo do Campo, passará a operar com apenas um turno de trabalho. A medida provocou a suspensão o lay-off de 1,5 mil trabalhadores da fábrica, em medida anunciada primeiramente na última sexta-feira (15) pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. Até o momento, a Volkswagen não confirmou publicamente os cortes. 

Todos estes 1,5 mil funcionários que estão em suspensão temporária se juntam aos 450 trabalhadores da unidade que já estão com os contratos suspensos, e com a medida, a unidade Anchieta da Volkswagen passará a operar apenas em turno único de produção. 

A suspensão dos contratos será oferecida por meio de lay-off, quando não há demissão definitiva, em medida amparada por lei e que pode durar entre dois e cinco meses. 

Leia também:

A informação sobre o novo lay-off foi passada para os trabalhadores por meio de um vídeo gravado e publicado no perfil do Facebook do coordenador do Comitê Sindical (CSE) na Volkswagen, José Nogueira da Silva, conhecido como Bigode, em vídeo reproduzido pela página do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, filiado à Central Única dos Trabalhadores (CUT).

No começo de outubro, a Fiat suspendeu os contratos de 1,8 mil trabalhadores de Betim (MG) por três meses . A Renault vai adotar a medida para 300 funcionários de São José dos Pinhais (PR) por cinco meses a partir do dia 30, em medidas já anunciadas pelas empresas. 

As unidades Volkswagen de São José dos Pinhais (PR), Taubaté e São Carlos, ambas no interior de São Paulo, seguirão o fluxo normal de trabalho. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos