Mercado fechado

Volkswagen paralisa produção de carros elétricos na Europa; veja o porquê

·1 min de leitura

Os carros elétricos da Volkswagen já são sucesso na Europa e crescem cada vez mais nas vendas, mas esse bom momento pode começar a mudar em breve. A gigante alemã foi obrigada a interromper a produção dos automóveis ID.3 e ID.4 por pelo menos uma semana em duas de suas fábricas. O motivo, claro, é a falta de insumos e semicondutores, um problema que parece não ter fim e segue afetando — e muito — a indústria automotiva.

As fábricas paralisadas serão as de Zwickau e Dresden, ambas na Alemanha. Por lá, além dos já mencionados carros elétricos da Volks, são produzidos o SUV zero emissão Audi Q4 e-tron e o elétrico Cupra Born, que também terão sua produção interrompida. A planta de Wolfsburg segue trabalhando normalmente, sendo responsável por modelos como Tiguan e Golf.

Segundo a Volkswagen, foram entregues 122.100 veículos elétricos em todo o mundo durante o terceiro trimestre deste ano, o que representa um aumento de 109% em relação ao mesmo período em 2020. A estratégia da empresa na Europa é de eliminar os carros a combustão em 2035, sendo que, desde já, a montadora alemã já não desenvolve mais motores convencionais no Velho Continente.

(Imagem: Divulgação/Volkswagen)
(Imagem: Divulgação/Volkswagen)

No Brasil, a Volks acabou de mostrar seus dois principais carros elétricos, mas sem confirmar se, efetivamente, vai vendê-los por aqui. O único modelo eletrificado da empresa em nosso mercado é o Volkswagen Golf GTE, que dispõe de um conjunto híbrido plug-in e apelo esportivo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos