Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.933,78
    -180,15 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.072,62
    -654,36 (-1,34%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,55
    +0,17 (+0,27%)
     
  • OURO

    1.769,70
    -0,90 (-0,05%)
     
  • BTC-USD

    55.136,21
    -698,12 (-1,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.236,95
    -62,00 (-4,77%)
     
  • S&P500

    4.163,26
    -22,21 (-0,53%)
     
  • DOW JONES

    34.077,63
    -123,04 (-0,36%)
     
  • FTSE

    7.000,08
    -19,45 (-0,28%)
     
  • HANG SENG

    29.106,15
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    29.103,00
    -582,37 (-1,96%)
     
  • NASDAQ

    13.915,25
    +18,00 (+0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6765
    +0,0008 (+0,01%)
     

Volkswagen eleva demanda por células de baterias de elétricos, dizem fontes

·1 minuto de leitura
.

FRANKFURT (Reuters) - A Volkswagen precisará de cerca de 300 gigawatt hora (GWh) por ano em células de bateria até o fim da década para conseguir executar seu plano de lançamento de veículos elétricos na Europa, afirmaram duas fontes com conhecimento do assunto.

A capacidade necessária é parte da estratégia da segunda maior montadora de veículos do mundo para elevar sua participação no segmento de elétricos na Europa para mais de 70% até 2030, segundo detalhes revelados na semana passada.

Até agora, a Volkswagen, que obtém as baterias de LG Chem, Samsung SDI, SK Innovation e CATL, espera que a demanda anual na Europa seja de mais de 150 GWh a partir de 2025 e em nível similar na Ásia.

O presidente-executivo da Volksawgen, Herbert Diess, e o membro do conselho encarregado por tecnologia Thomas Schmall, vão revelar detalhes da estratégia de baterias e infraestrutura de recarregamento em 15 de março, afirmaram as fontes.

Representantes da Volkswagen não comentaram o assunto.

(Por Jan Schwartz e Christoph Steitz)