Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.757,09
    -150,84 (-0,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Volkswagen detalha sua nova plataforma para carros elétricos mais baratos

·2 minuto de leitura

A versão encurtada da Matriz de Acionamento Elétrico Modular, ou MEB-Small, foi apresentada pela Volkswagen na última sexta-feira (10) no IAA 2021, Salão de Mobilidade que está sendo realizado em Munique. O “small” (pequeno, em português) foi adicionado ao nome justamente para deixar claro que ela foi desenvolvida especialmente para os carros compactos, como o ID.Life.

A principal mudança em relação à MEB convencional é a tração dianteira, já que a anterior abrange tanto a integral quanto a traseira. A ideia é colocar a MEB-Small em uso a partir de 2025, data prevista pela Volkswagen para começar a ofertar veículos elétricos mais acessíveis e não mais baseados em modelos a combustão, como o e-up.

Imagem: Divulgação/Volkswagen
Imagem: Divulgação/Volkswagen

As informações da marca apontam que os futuros carros elétricos mais “baratos” podem custar entre 20 mil e 25 mil euros, ou seja, entre R$ 123 mil e R$ 154 mil, na conversão atual. O primeiro seria referente ao modelo com bateria de 48 kWh e alcance de 300 quilômetros. O segundo corresponderia à variante equipada com bateria mais potente, de 62 kWh, e 400 quilômetros de autonomia.

ID.Life

Imagem: Divulgação/Volkswagen
Imagem: Divulgação/Volkswagen

O ID.Life, que dividiu os holofotes com a MEB no Salão de Mobilidade, deverá ter, em sua versão topo de linha, um motor elétrico de 172 kW, potência equivalente a 233 cv, com torque de 290 Nm (29,5 kgfm). As mais baratas, por sua vez, possivelmente serão disponibilizadas com motores menos potentes, ainda não revelados.

A apresentação do conceito revelou também que o carregamento rápido do ID.Life será capaz de garantir uma autonomia de até 163 quilômetros (40%), com apenas 10 minutos plugado na energia. A ficha técnica do ID.Life, obtida pelo pessoal do Inside EVs, revelou praticamente tudo sobre o elétrico que é a grande aposta da marca para entrar forte no mercado.

Ficha técnica

Imagem: Divulgação/Volkswagen
Imagem: Divulgação/Volkswagen
  • Autonomia: cerca de 400 km de alcance WLTP

  • Bateria: 62 kWh (utilizável 57 kWh)

  • Aceleração: 0-100 km/h em 6,9 segundos

  • Velocidade máxima: 180 km/h

  • Tração: Dianteira (MEB eco tração dianteira)

  • Potência máxima: 172 kW (234 cv) e 290 Nm de torque

  • Carregamento rápido: até 163 km em 10 minutos

  • Dimensões: 4.091 mm (comprimento), 1.845 mm (largura), 1.599 mm (altura) e 2.650 mm (entre-eixos)

  • Pneus: 235/45 R20

  • Porta-malas: 410 a 1.285 litros

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos