Mercado abrirá em 34 mins
  • BOVESPA

    128.767,45
    -497,51 (-0,38%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.129,88
    -185,81 (-0,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,61
    +0,76 (+1,04%)
     
  • OURO

    1.785,80
    +8,40 (+0,47%)
     
  • BTC-USD

    34.016,28
    +2.401,55 (+7,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    813,96
    +19,63 (+2,47%)
     
  • S&P500

    4.246,44
    +21,65 (+0,51%)
     
  • DOW JONES

    33.945,58
    +68,61 (+0,20%)
     
  • FTSE

    7.119,51
    +29,50 (+0,42%)
     
  • HANG SENG

    28.817,07
    +507,31 (+1,79%)
     
  • NIKKEI

    28.874,89
    -9,24 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    14.276,25
    +18,00 (+0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9106
    -0,0092 (-0,16%)
     

Volkswagen culpa fornecedor por vazamento dos dados de 3,3 milhões de clientes

·1 minuto de leitura

Mais de 3,3 milhões de consumidores da Volkswagen tiveram seus dados pessoais expostos graças ao que a companhia considerou como um lapso de segurança de um de seus fornecedores. Segundo a empresa, informações que compreendem aos anos de 2014 a 2019 foram deixadas desprotegidas entre os meses de agosto de 2019 e maio de 2021.

Em um comunicado oficial, a montadora esclareceu que os dados vazados estavam relacionados a seus departamentos de vendas e marketing. Entre as informações contidas estão nomes, endereços postais e de e-mail , números de telefone de consumidores e de pessoas interessadas em adquirir veículos, bem como detalhes sobre os veículos que foram adquiridos — o que inclui cor, ano de fabricação, modelo e o número de identificação de cada um deles.

Imagem: Divulgação/Volkswagen
Imagem: Divulgação/Volkswagen

Segundo a empresa, mais de 95% dos dados sensíveis eram constituídos pelos números das carteiras de motoristas das pessoas afetadas. A Volkswagen afirma que já entrou em contato com as autoridades responsáveis, incluindo reguladores do mercado, e está trabalhando com especialista em cibersegurança para tomar as medidas necessárias junto ao fornecedor a quem o vazamento foi atribuído.

A montadora recomenda que seus clientes fiquem atentos a qualquer e-mail ou tentativas de contato que gerem suspeitas, especialmente no caso de eles trazerem dados de veículos adquiridos. Ela assegura que nunca solicita dados confidenciais de seus consumidores através de mensagens de correio eletrônico e ligações telefônicas, e que qualquer ação desse tipo provavelmente seja um golpe de phishing.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos