Mercado abrirá em 27 mins
  • BOVESPA

    106.419,53
    -2.295,02 (-2,11%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.206,59
    +372,79 (+0,72%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,58
    -1,07 (-1,26%)
     
  • OURO

    1.791,90
    -1,50 (-0,08%)
     
  • BTC-USD

    58.835,63
    -3.975,73 (-6,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.414,84
    -90,31 (-6,00%)
     
  • S&P500

    4.574,79
    +8,31 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    35.756,88
    +15,73 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.266,61
    -11,01 (-0,15%)
     
  • HANG SENG

    25.628,74
    -409,53 (-1,57%)
     
  • NIKKEI

    29.098,24
    -7,77 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    15.532,25
    -12,75 (-0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4643
    +0,0102 (+0,16%)
     

Volkswagen apresenta ID.3 e ID.4 no Brasil e prevê "emissão zero" até 2050

·4 minuto de leitura

A Volkswagen anunciou nesta terça-feira (28), em um evento online, os principais pontos traçados no que a marca definiu como “Estratégia para descarbonização na América Latina”. A live, chamada “Rumo ao Futuro da Mobilidade Sustentável”, apresentou não somente os planos da fabricante alemã para o segmento, mas também revelou as duas primeiras grandes estrelas elétricas da “família ID” que darão as caras na região: o ID.3 e o ID.4.

Pablo Di Si, presidente e CEO da Volkswagen América Latina, anunciou que a estratégia “Way To Zero” pretende neutralizar as emissões de carbono da montadora até 2050. Ele também confirmou que a América Latina foi a região escolhida para liderar um centro de pesquisa e desenvolvimento para o etanol e outros biocombustíveis com foco nos mercados emergentes.

“A Volkswagen, em toda a América Latina, está comprometida com a estratégia way to zero. Nessa estratégia, é importante que a sustentabilidade seja considerada na cadeia completa, da produção do combustível até a emissão do escapamento do carro”, pontuou o executivo da marca alemã.

ID.3 e ID.4

Imagem: Divulgação/Volkswagen
Imagem: Divulgação/Volkswagen

O evento, realizado na sede da fábrica em São Bernardo do Campo, na região do ABC paulista, também contou com a participação de Thomas Owsianski, Presidente e CEO da Volkswagen da Argentina e vice-presidente de Vendas e Marketing da Volkswagen para a América do Sul. E ele se juntou a Pablo Di Si para apresentar os dois primeiros veículos elétricos que deverão ser lançados pela empresa na região: o ID.3 e o ID.4.

“As primeiras unidades do ID.3 e ID.4 desembarcam inicialmente no Brasil e na Argentina, e também serão apresentados para os principais mercados da região em exposições, clínicas com clientes, reviews com jornalistas e teste-drives”, adiantou o CEO. Ele, no entanto, preferiu não cravar quando os veículos estarão efetivamente à disposição do mercado, ou quais outros modelos elétricos poderão chegar por aqui.

“Não é o momento de falarmos em datas e modelos, mas teremos muitas novidades por aí. Eles estão sendo apresentados pela primeira vez na região para que o público possa conhecer os produtos 100% elétricos. Assim, a Volkswagen reforça seu posicionamento como a marca mais atrativa para uma mobilidade sustentável nos principais mercados globais”, pontuou.

Design e autonomia

Imagem: Divulgação/Volkswagen
Imagem: Divulgação/Volkswagen

De acordo com os executivos da marca alemã, os elétricos ID.3 e ID.4 não deixarão ninguém indiferente. Marco Pavone, Head Mundial de Design Exterior da Volkswagen, e que teve participação direta na criação dos dois modelos, comentou sobre o visual dos veículos:

“Um dos desafios do projeto ID. era fazer com que os modelos não se parecessem com veículos a combustão. E nós conseguimos isso de uma maneira muito especial. As rodas são grandes, a distância entre os eixos é bem longa e os balanços dianteiro e traseiros, curtos. Isso sem falar no design exclusivo de faróis e lanternas, que garantem tanto ao ID.3 quanto ao ID.4 características exclusivas, seja pela manhã ou durante a noite”.

Em termos de autonomia, a promessa da Volkswagen na apresentação oficial dos modelos para a América Latina é que o ID.3 rode, no mínimo, 330 quilômetros, enquanto o SUV ID.4 poderá ter alcance de até 550 quilômetros com uma única carga. Dependendo da configuração, um modelo ID pode entregar entre 145 cv e 299 cv de potência máxima, números equivalentes a muitos carros esportivos.

Segundo a marca, outro ponto importante a ser exaltado é que um sistema de recarga rápida pode recuperar até 80% da bateria em aproximadamente 30 minutos, considerando a recarga DC (100 kW).

Futuro fantástico

Imagem: Divulgação/Volkswagen
Imagem: Divulgação/Volkswagen

Pablo Di Si atrelou o lançamento dos carros elétricos ao sucesso do planejamento traçado para a descarbonização e o futuro da mobilidade sustentável, e não mostrou dúvidas de que a Volkswagen, ao apresentar o ID.3 e o ID.4, deu um passo significativo para triunfar em sua jornada.

“Os elétricos serão muito importantes para a estratégia way to zero na América Latina. O grupo Volkswagen está realizando a maior ofensiva de mobilidade sustentável da história da nossa empresa. Vamos investir 73 bilhões de euros em digitalização, novas tecnologias e veículos híbridos-elétricos: Serão 70 elétricos e 60 híbridos no mundo até 2030. O futuro será fantástico”, concluiu.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos