Mercado abrirá em 7 h 41 min
  • BOVESPA

    100.763,60
    +2.091,34 (+2,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.294,83
    +553,33 (+1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,79
    +1,22 (+1,11%)
     
  • OURO

    1.826,60
    +1,80 (+0,10%)
     
  • BTC-USD

    20.752,09
    -474,67 (-2,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    451,18
    -10,62 (-2,30%)
     
  • S&P500

    3.900,11
    -11,63 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    31.438,26
    -62,42 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.258,32
    +49,51 (+0,69%)
     
  • HANG SENG

    22.044,80
    -184,72 (-0,83%)
     
  • NIKKEI

    26.939,20
    +67,93 (+0,25%)
     
  • NASDAQ

    12.031,00
    -9,50 (-0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5405
    -0,0036 (-0,06%)
     

Volkswagen agenda férias coletivas a 3.000 por falta de peças

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Volkswagen pode colocar mais 3.000 trabalhadores da unidade de São Bernardo do Campo em recesso de 27 de junho a 7 de julho.

As férias coletivas foram protocoladas, mas ainda não estão confirmadas e podem ser canceladas até a véspera do prazo anunciado, segundo a montadora.

Se ocorrer, a paralisação de dez dias será por falta de peças e componentes eletrônicos para finalizar os veículos.

Em maio, a Volkswagen já havia colocado cerca de 2.500 metalúrgicos em férias pelo mesmo motivo.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, um acordo vigente entre montadora e trabalhadores garante previsibilidade sobre o futuro da fábrica.

Para o coordenador-geral da representação na Volks, José Roberto Nogueira da Silva, a falta de uma política industrial e de desenvolvimento no país têm causado a falta de estrutura na cadeia produtiva nacional.

A Volks tem hoje cerca de 8,.200 trabalhadores, sendo 4.500 deles alocados na produção.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos