Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.786,43
    +113,67 (+0,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.298,20
    -104,50 (-0,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,25
    +0,38 (+0,45%)
     
  • OURO

    1.783,00
    -1,90 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    65.987,87
    +1.766,65 (+2,75%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.538,50
    +57,70 (+3,90%)
     
  • S&P500

    4.536,19
    +16,56 (+0,37%)
     
  • DOW JONES

    35.609,34
    +152,03 (+0,43%)
     
  • FTSE

    7.223,10
    +5,57 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    26.136,02
    +348,81 (+1,35%)
     
  • NIKKEI

    29.255,55
    +40,03 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    15.342,00
    -35,50 (-0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4526
    -0,0670 (-1,03%)
     

Volatilidade pode marcar reabertura de mercados na China

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Os mercados financeiros da China reabrem pela primeira vez em uma semana na sexta-feira, e investidores se preparam para a volatilidade depois de um default surpresa no setor imobiliário além da escassez global de energia.

Most Read from Bloomberg

O feriado da Semana Dourada ofereceu uma rara trégua de uma ofensiva regulatória que já dura meses e que sacudiu mercados financeiros mundiais. Com a reabertura das negociações, investidores se concentrarão no próximo alvo do governo de Pequim e no impacto do default de um título em dólar da incorporadora Fantasia Holdings esta semana, o primeiro do setor imobiliário desde a turbulência envolvendo a China Evergrande.

Haverá grande interesse em como o Banco Popular da China pode manter o fluxo de liquidez, devido ao grande volume de dívidas de curto prazo que vence neste mês. Cerca de 340 bilhões de yuans (US$ 53 bilhões) em acordos de recompra reversa de 14 dias vencem na sexta-feira, quando os mercados onshore reabrem.

Ações chinesas listadas em Hong Kong acumulam baixa de 0,2% desde a última negociação dos mercados na China continental. Na quarta-feira, os índices caíram para níveis não vistos desde o estouro da bolha de ações da China em 2016, mas se recuperaram na quinta-feira. O yuan offshore mostrou pouca variação.

O clima entre investidores chineses “recentemente se recuperou para um nível neutro, mas a tendência é decididamente de baixa e os ganhos são limitados por recentes casos de default domésticos”, disse Olivier d’Assier, chefe de pesquisa aplicada para Ásia-Pacífico da Qontigo. “As principais questões que afetam a confiança têm sido puramente internas até agora, mas, na frente geopolítica, as negociações comerciais EUA-China ainda não ocorreram e esta questão permanece sem solução.”

As relações com os EUA estão no radar após a notícia de que o presidente Joe Biden planeja uma reunião virtual com Xi Jinping até o final do ano. A representante de Comércio dos EUA, Katherine Tai, também deve conversar com o vice-premiê Liu He nos próximos dias, já que os dois países ainda estão em desacordo sobre os compromissos da China sob o pacto comercial de janeiro de 2020.

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos