Mercado fechará em 5 h 49 min
  • BOVESPA

    112.056,58
    -1.756,29 (-1,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.430,31
    -299,49 (-0,61%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,20
    -0,30 (-0,33%)
     
  • OURO

    1.764,80
    -6,40 (-0,36%)
     
  • BTC-USD

    21.452,23
    -2.004,75 (-8,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    508,36
    -33,24 (-6,14%)
     
  • S&P500

    4.237,92
    -45,82 (-1,07%)
     
  • DOW JONES

    33.741,66
    -257,38 (-0,76%)
     
  • FTSE

    7.551,95
    +10,10 (+0,13%)
     
  • HANG SENG

    19.773,03
    +9,12 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    28.930,33
    -11,81 (-0,04%)
     
  • NASDAQ

    13.296,75
    -226,50 (-1,67%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2114
    -0,0024 (-0,05%)
     

Volátil, peso chileno amplia rali após intervenção de BC

Notas e moedas de peso chileno

Por Alexander Villegas e Fabian Cambero

SANTIAGO (Reuters) - O peso chileno desfruta de um rali prolongado desde que o banco central do país anunciou na semana passada uma intervenção de 25 bilhões de dólares para impulsionar a moeda após uma série de mínimas históricas, mas pode enfrentar um caminho mais acidentado nas próximas semanas.

O peso fechou a terça-feira em alta de 1,81%, a 923,80 por dólar, elevando seus ganhos para 13,21% em relação a uma mínima histórica de 1.045,80 atingida na quinta-feira passada, antes da intervenção.

Na segunda-feira, o peso foi auxiliado por uma alta no preço do cobre, do qual o Chile é o maior produtor mundial, mas a moeda continuou seu rali na terça, mesmo com a queda do preço do metal.

Jorge Selaive, economista-chefe do Scotiabank Chile, disse que uma queda "brutal" nas cotas de fundos de risco no sistema de pensões AFP do país está levando a investimentos em fundos mais conservadores, resultando na venda de dólares e auxiliando o câmbio.

Além disso, ele disse que o banco central não anunciou como "esterilizará" a intervenção ou removerá o excesso de dólares que está injetando no sistema por meio de leilões diários de moeda, mas sinais apontam para o banco permitindo o vencimento de títulos com vencimento inferior a 360 dias.

Outro fator que contribui é que os investidores estrangeiros estão adiando a compra de contratos futuros de dólar, disse ele. "Eles estão esperando que o câmbio se estabilize em novos patamares para reavaliar sua estratégia no Chile", disse Selaive.

No entanto, o peso segue suscetível à especulação relacionada à flutuação do preço do cobre e à incerteza política sobre uma nova Constituição proposta no Chile, bem como a recente intervenção, segundo Victor Salas e outros economistas da Universidade de Santiago.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos