Mercado fechará em 3 h 34 min
  • BOVESPA

    108.760,96
    +1.382,04 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.756,62
    +489,42 (+1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    44,73
    +1,67 (+3,88%)
     
  • OURO

    1.800,80
    -37,00 (-2,01%)
     
  • BTC-USD

    19.292,02
    +840,05 (+4,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    380,77
    +11,02 (+2,98%)
     
  • S&P500

    3.610,24
    +32,65 (+0,91%)
     
  • DOW JONES

    29.971,56
    +380,29 (+1,29%)
     
  • FTSE

    6.421,97
    +88,13 (+1,39%)
     
  • HANG SENG

    26.588,20
    +102,00 (+0,39%)
     
  • NIKKEI

    26.165,59
    +638,22 (+2,50%)
     
  • NASDAQ

    11.905,25
    0,00 (0,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4037
    -0,0366 (-0,57%)
     

Como!? Você talvez não tenha entendido o final destes filmes de Hollywood

Rafael Monteiro
·5 minuto de leitura
"Ilha do Medo", "Mãe" e "Batman": você entendeu o final destes filmes?
"Ilha do Medo", "Mãe" e "Batman": você entendeu o final destes filmes?

Filmes que fazem pensar - ou apenas muito confusos para serem entendidos mesmo. A experiência de ficar intrigado com uma obra é uma das mais fascinantes do cinema, gerando aquelas discussões entre amigos que todo mundo ama ter. Quem nunca questionou: você entendeu o que o diretor quis dizer naquele filme vencedor do Oscar de mil novecentos e lá vai história?

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Relembrando alguns dos trabalhos intrigantes da telona, que tanto geram busca no Google sobre significados mostramos que nem sempre é fácil entender o desfecho de um filme. Muitas vezes exibe tempo, uma sessão extra, pesquisas, leitura de entrevistas com os atores... E nem assim você encontra respostas garantidas. Confira abaixo alguns filmes que talvez você tenha entendido mal.

Mas, atenção: contém spoilers.

Leia também

A Origem (2010)

Um clássico das discussões sobre filmes com finais complexos. Até hoje se discute se a cena final é um sonho de Dom Cobb, personagem de Leonardo DiCaprio, ou apenas a realidade. Em entrevista durante o festival Film 4 Summer Screen, em 2018, outro ator do longa, Michael Caine, disse que ficou tão confuso quanto o público com o desfecho do longa - mas trouxe uma resposta convincente. "Eu disse: 'Quando é o sonho e quando é a realidade?' Ele [Nolan] disse: 'Bem, quando você está na cena, é realidade'. Então fiquem com essa: Se eu estiver na cena, é a realidade. Se não estou, é um sonho", revelou. Como Miles, personagem de Caine aparece nas últimas imagens de "A Origem", a hipótese de "era tudo um sonho" se torna, portanto, pouco provável.

Mãe! (2017)

É realmente difícil entender todos os significados do suspense psicológico do filme de Darren Aronofsky. A resposta para o entra e sai naquela casa é filosófico e acabou sendo revelado pelo próprio cineasta em entrevista à Variety: Jennifer Lawrence interpreta a mãe natureza, enquanto Javier Bardem é Deus e os convidados somos nós, os reles mortais. “Eu queria fazer um filme sobre a Mãe Terra e como tratamos a Mãe Terra”, disse Aronofsky sobre a personagem de Lawrence, que não consegue ter paz na própria casa com a chegada inoportuna de tanta gente. “A forma como vejo que tratamos a Mãe Terra é incrivelmente desrespeitosa. Nós a saqueamos, nós a estupramos e a sujamos", finalizou.

Bird Box (2018)

O longa da Netflix é uma grande reflexão sobre as crenças. No final, após fugir de uma invasão alienígena, Mallore (Sandra Bullock) finalmente dá nome aos dois filhos e liberta pássaros em um Santuário. Há muitas teorias sobre os aliens que aparecem no longa (seriam eles representações dos demônios vistos nas religiões?), mas o desfecho tem uma explicação relativamente simples: o Santuário, que à primeira vista se mostra como uma escola para deficientes visuais, é uma metáfora para a "fé cega", responsável por conduzir a personagem ao final feliz. Os pássaros, por sua vez, representam os sentimentos liberados após a jornada.

Donnie Darko (2001)

Um dos filmes que iniciaram a jornada cinéfila de uma geração inteira. Com a missão de evitar o fim do mundo, o protagonista vivido por Jake Gyllenhaal acaba tendo um final que pode ser visto como trágico - ou, para variar nesta lista, apenas um sonho. O desfecho permite muitas interpretações, envolvendo três linhas do tempo possíveis, mas a análise mais popular é que Donnie Darko se sacrificou pelo mundo e, como mostram os seus risos histéricos nas cenas mais perturbadoras, até se sentiu aliviado ao morrer e abdicar da responsabilidade de cuidar do universo. Mas isso provavelmente não explica tudo...

Ilha do Medo (2010)

O filme de Martin Scorsese também costuma causar um nó na cabeça de quem assiste. A explicação não é tão difícil assim: o marechal Teddy Daniels, vivido por Leonardo DiCaprio, na verdade, é um paciente do hospital psiquiátrico que supostamente investigara. Sim, todo aquele clima de investigação era encenado pelos médicos. Durante o tratamento, no entanto, Andrew Laeddis (nome verdadeiro de Daniels), lembra que matou a própria esposa e decide seguir fingindo que é Daniels para se submeter ao método bárbaro da lobotomia, uma intervenção cirúrgica no cérebro que provoca, entre outros males, o esquecimento. "O que é melhor: viver como um monstro ou morrer como um bom homem?", questiona o protagonista, numa fala que explica toda a trama.

Vanilla Sky (2001)

O filme de Cameron Crowe foi bastante criticado na época pelo seu final confuso. Atormentado por pesadelos, David Aames, personagem de Tom Cruise, lida com a memória de Julie (Cameron Diaz) morrendo e tendo o rosto desconfigurado em um acidente de carro. No final, com a ajuda de uma empresa, ele precisa se decidir entre uma vida de sonhos conscientes ou a pura e cruel realidade. E escolhe a segunda a opção - algo que não fica tão claro para quem assiste.

Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge (2012)

Bruce Wayne morreu no terceiro filme da trilogia de Christopher Nolan? Muita gente acredita que sim, já que Gotham fica em luto após o Batman explodir uma bomba no fundo do oceano com o avião. A última cena, que mostra Wayne em Veneza, seria uma imaginação de Alfred. Porém, a hipótese não se sustenta por dois elementos: em uma das cenas do longa, Wayne revela que a aeronave tem a função piloto-automático - o que poderia explicar a farsa da sua morte; e, principalmente, na cena final, do lado de Wayne, surge Selina, a Mulher-Gato, com um colar que tentou roubar do super-herói no início do longa. Alfred não sabia da briga entre os dois pela joia - ou seja, não faz muito sentido que o acessório tenha aparecido em um sonho seu.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube