Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.941,68
    +51,80 (+0,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.463,55
    +320,55 (+0,61%)
     
  • PETROLEO CRU

    115,07
    +0,98 (+0,86%)
     
  • OURO

    1.857,30
    +3,40 (+0,18%)
     
  • BTC-USD

    28.804,61
    -257,83 (-0,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    625,79
    -3,71 (-0,59%)
     
  • S&P500

    4.158,24
    +100,40 (+2,47%)
     
  • DOW JONES

    33.212,96
    +575,77 (+1,76%)
     
  • FTSE

    7.585,46
    +20,54 (+0,27%)
     
  • HANG SENG

    20.697,36
    +581,16 (+2,89%)
     
  • NIKKEI

    26.781,68
    +176,84 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    12.717,50
    +438,25 (+3,57%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0751
    -0,0429 (-0,84%)
     

Você poderá pedir para o Google remover seu número de telefone das buscas

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Google permite remover informações pessoais dos resultados de pesquisa há um bom tempo, mas isso não se aplicava a números de telefone. Agora, o buscador passou por uma mudança na sua política para incluir informações de contatos, como números de celular ou fixo, e-mail e endereço da sua residência.

Essa é uma decisão importante para apoiar quem teve os dados pessoais vazados em algum site, o que pode colocar em risco a segurança física da pessoa. A pesquisa também pode ser acionada para excluir credenciais de login em sites se elas aparecem na consulta.

Quem tiver dados pessoais vazados, pode pedir ao Google que remova o resultado da pesquisa (Imagem: Reprodução/Google)
Quem tiver dados pessoais vazados, pode pedir ao Google que remova o resultado da pesquisa (Imagem: Reprodução/Google)

Antes, a empresa entendia que apenas dados sensíveis relacionados a questões financeiras poderiam ser omitidos. Eram o caso de dados bancários, números de identidade, CPF ou do cartão de crédito. Agora, a novidade deve oferecer um alívio para esconder informações usadas por criminosos.

O Google analisará as solicitações para ter certeza que o pedido é honesto, além de não eliminar referências de registro público. Um político, por exemplo, não pode solicitar que o buscador remova resultados do seu escritório na Câmara dos Deputados — mas pode pedir a retirada de seu telefone celular particular.

Na luta contra crimes cibernéticos

A expansão segue na linha de outros esforços dos desenvolvedores para entregar mais segurança para o usuário. Desde o ano passado, qualquer usuário com menos de 18 anos pode solicitar a remoção de suas fotos nos resultados de imagens.

A empresa também decidiu mudar aspectos técnicos do algoritmo para evitar a exibição de resultados ofensivos ou inesperados. Com o uso do BERT, o mecanismo de busca entender quando a pessoa quer encontrar conteúdo explícito de quando ela apenas pesquisa por assuntos mais genéricos.

Embora a política expandida da Pesquisa do Google não impeça o uso indevido de dados pessoais, não há como negar que a dificultação do acesso pode reduzir as incidências de golpes. Vale ressaltar, contudo, que qualquer exclusão ocorre apenas nos resultados do Google, sem influência no site onde o dado foi publicado ou em outros buscadores, como o Bing.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos