Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,91 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,62 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,96
    -0,65 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.753,90
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    47.529,43
    -537,46 (-1,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.193,48
    -32,05 (-2,62%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,44 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.530,00
    +12,25 (+0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1994
    +0,0146 (+0,24%)
     

Vivaldi para Android é atualizado para deixar o usuário no controle da navegação

·3 minuto de leitura

Já aconteceu PC, agora é a vez do Android receber a atualização 4.1 do Vivaldi. O navegador leva ao celular as mesmas novidades que implementou no PC — a maioria delas focadas em aprimorar a qualidade da experiência geral com o app, encorpada com opções novas nas configurações para permitir mais personalização.

A ideia é garantir que o usuário ajuste o navegador para que ele funcione da forma que preferir. As opções se estendem desde o comportamento do app ao abrir novas guias ao redirecionamento de links para outros aplicativos. São tão específicas as opções que dificilmente o Vivaldi fará algo que o utilizador não queira.

Fique no Vivaldi

No celular, é comum receber indicações para baixar o app de um site que você visita para continuar com a navegação. Quando disponível, o navegador pergunta se você deseja ir ao outro aplicativo, mas quando isso não acontece (ou quando você configura errado), basta clicar para ser redirecionado.

"Fique no navegador" ajudará a dar fim ao redirecionamento de apps desnecessários (Imagem: Reprodução/Vivaldi)
"Fique no navegador" ajudará a dar fim ao redirecionamento de apps desnecessários (Imagem: Reprodução/Vivaldi)

O Vivaldi quer evitar que o usuário saia do app, se ele assim preferir. A opção “Fique no navegador” adicionada ao menu de configurações tenta abrir o conteúdo do link no próprio navegador, evitando a alternância de telas.

A bagunça das guias

Quando você abre uma nova guia, sabe onde ela vai aparecer no gerenciador? É no último lugar da fila, o mais próximo possível da guia atual, ou perto somente das abas ativas? Ficou na dúvida, né? Felizmente, o Vivaldi reconheceu essa confusão e deu novas opções para esse comportamento.

Talvez seja uma alternativa interessante para acabar com a bagunça das guias (Imagem: Reprodução/Vivaldi)
Talvez seja uma alternativa interessante para acabar com a bagunça das guias (Imagem: Reprodução/Vivaldi)

A partir do menu de configurações, o usuário pode escolher exatamente onde guias novas são abertas. Veja as mais recentes alternativas:

• Depois das guias relacionadas: guias terão uma relação “pai-filho”, ou seja, sempre que você abrir um link na página atual, a nova aba será aberta ao lado de seu “pai”;
• Após a guia ativa: abre uma nova guia ao lado da página atual (opção padrão);
• Como última guia: páginas abertas em novas abas são colocadas no fim da fila independente da sua origem;
• Como Tab Stacks com guias relacionadas: abre um novo grupo de abas com a página atual e a nova guia.

Tab Stacks opcionais

Quem não gosta da Tab Stacks, a função do Vivaldi equivalente ao grupo de guias do Chrome e do Edge, poderá desabilitá-la também por meio do menu de configurações.

Grupos nem sempre são necessários (Imagem: Reprodução/Vivaldi)
Grupos nem sempre são necessários (Imagem: Reprodução/Vivaldi)

Desligar o recurso pode ser uma solução interessante para quem não se adaptou ao modelo de agrupamento de guias ou acha a função desnecessária. Tal recurso é bem interessante para quem é apegado ao hábito de abrir várias páginas simultaneamente, mas pode não ser importante para aqueles que passam brevemente pelo app.

A atualização deve estar sendo distribuída entre os usuários gradativamente, mas vale dar uma olhada na Play Store e conferir se há pacotes com download pendente.

Achou que alguma das adições foi útil? Você usa o Vivaldi como navegador principal no dia a dia? Deixe suas impressões sobre a versão 4.1 do app aí embaixo, nos comentários.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos