Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.941,68
    -160,31 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.599,38
    -908,97 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,83
    -0,72 (-0,84%)
     
  • OURO

    1.836,10
    -6,50 (-0,35%)
     
  • BTC-USD

    34.887,73
    -3.648,65 (-9,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    870,86
    +628,18 (+258,85%)
     
  • S&P500

    4.397,94
    -84,79 (-1,89%)
     
  • DOW JONES

    34.265,37
    -450,02 (-1,30%)
     
  • FTSE

    7.494,13
    -90,88 (-1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.965,55
    +13,20 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    27.522,26
    -250,67 (-0,90%)
     
  • NASDAQ

    14.411,00
    -430,00 (-2,90%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1900
    +0,0599 (+0,98%)
     

Vivaldi não terá ferramentas dedicadas a criptomoedas, afirma CEO

·2 min de leitura

Quando o assunto é criptomoedas, o Vivaldi quer se manter longe até de piadas, esclareceu o CEO da empresa, Jon von Tetzchner, nesta quinta-feira (13). A dona do navegador de mesmo nome planejava fazer uma pegadinha com a ThinkCoin, uma "nova criptomoeda" cujo lastro seria o pensamento dos usuários, mas por medo de acabar sendo levada a sério, desistiu da ideia e, num artigo, compartilhou a opinião dele sobre a moda do momento.

Para o executivo, criptomoedas são “nada além de um esquema de pirâmide se passando por moeda”. “Se em algum momento pararmos de encontrar pessoas dispostas a comprar esses tokens apenas com a promessa de que valerão mais no futuro, todo o esquema pode desmoronar, com o valor de todos os tokens indo para zero”, opinou o CEO.

Para fundador do Vivaldi, criptomoedas são esquemas de pirâmide (Imagem: Divulgação/WorldSpectrum/Pixabay)
Para fundador do Vivaldi, criptomoedas são esquemas de pirâmide (Imagem: Divulgação/WorldSpectrum/Pixabay)

A principal preocupação de Tetzchner é sobre o consumo energético necessário para sustentar as blockchains, redes de computadores que asseguram a autenticidade das moedas e transações digitais. “O uso de energia do bitcoin por si só é impressionante, consumindo tanta eletricidade quanto alguns países inteiros”, disse o executivo.

Vivaldi vs. criptos

O Vivaldi é conhecido pelas ferramentas de personalização embutidas e, já que é uma moda recente, existem pessoas que esperam implementações com criptomoedas no navegador, como integração nativa com carteiras ou corretoras. Contudo, isso não deve acontecer.

“Nós nos recusamos a ver esses golpes como oportunidades. Em vez disso, encorajamos você a tratá-los com o ceticismo que merecem. Este pode ser um jogo para alguns investidores de criptomoedas curiosos e especuladores ricos, mas para aqueles azarados o suficiente para serem pegos pelo esquema de pirâmide, pode ser devastador”, pontuou Jon von Tetzchner.

Navegadores concorrentes como o Brave já oferecem soluções integradas para investidores de criptomoedas (Imagem: Reprodução/Brave)
Navegadores concorrentes como o Brave já oferecem soluções integradas para investidores de criptomoedas (Imagem: Reprodução/Brave)

Navegadores concorrentes, como Brave oferecem soluções para investidores do mercado de criptomoedas, como ferramentas integradas aos navegadores, suporte ao catálogo variado de carteiras e mais. Até mesmo a Mozilla, dona do Firefox, anunciou que aceitaria doações em criptomoedas, para só depois desistir da ideia devido a brusca reação da comunidade e de fundadores.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos